quinta-feira, 29 de julho de 2010

Ineta Radevica * A "musa do Dragão" conquistou medalha d'ouro no salto em comprimento

 
A tarde de ontem, quarta-feira, foi de glória para a letã Ineta Radevica, saltadora que chegou este ano ao FC Porto.

No Campeonato da Europa de Atletismo realizado em Barcelona, a saltadora, já conhecida como "musa do Dragão", Radevica "roubou" a medalha de ouro a Naide.

A atleta portuguesa chegou a estar na liderança da prova, mas por muito pouco tempo. Ao quarto salto conseguiu a melhor marca e minutos depois Ineta Radevica, igualou a distância. O desempate foi feito pelo melhor segundo salto, que pertenceu e Radevica. 6,87 metros da letã contra os 6,68 metros de Naide Gomes.


Ineta Radevica a "musa do dragão"

Bruno Roseiro, Publicado em 13 de Fevereiro de 2010, no jornal i

Não sabe cantar como Ruth Marlene ou Ana Malhoa, não representa como Cristina Areia, não namorou com o melhor futebolista do mundo como Nereida Gallardo nem tem o sentido de humor de Ricardo Araújo Pereira, mas também tem os seus atributos e já posou para a "Playboy". Neste caso, a verdadeira "Playboy". Com tanto estilo que entra no top 10 de qualquer ranking de desportistas que se tenham despido para a famosa revista. Conhece Ineta Radevica? Talvez não. Saltadora letã do comprimento e do triplo? Nada? Ok, uma dica - apareceu na edição de Setembro de 2004, dedicada aos Jogos Olímpicos de Atenas. E vai estar hoje e amanhã em Pombal, na final do campeonato nacional de clubes em pista coberta. Vestida, claro. E de azul e branco.

Após 15 anos de reinado completo, o FC Porto desafia o poderio do campeoníssimo Sporting no sector feminino. Afinal, após o futebol e o andebol (as únicas grandes modalidades em que competem os três grandes do país), só faltava quebrar a hegemonia leonina no atletismo. E investimento não faltou: à dupla lituana Kris Saltanovic-Natalja Cakova (contratada na última temporada), os dragões juntaram agora mais duas atletas da Lituânia - Lina Grincikaite e Egle Balciunaite - e a menina que fez a Letónia subir ao pódio mundial sem ter conquistado nenhuma medalha nos Jogos Olímpicos de 2004: Radevica, 13.a classificada no triplo salto, e 20.a no salto em comprimento. À frente mesmo de Jelena Rublevska, que ganhou a prata no pentatlo e se tornou a única letã a conseguir uma medalha em Jogos Olímpicos.

Treinada pelo ex-atleta Igor Ter-Ovanesyan - soviético que conquistou o bronze no comprimento nos Jogos de 1960 e 1964, entre três ouros e duas pratas em campeonatos europeus - e casada com o jogador de hóquei em gelo Petr Schastlivy (que chegou a representar os Ottawa Senators, na liga norte-americana), a saltadora estreia-se em grandes competições nacionais frente a uma rival de peso: Naide Gomes. Ao mesmo tempo que pretende mostrar que a gravidez (que a impediu de ir aos Jogos Olímpicos de 2008) não desviou o rumo da carreira, tentará provar que o bronze no europeu de Sub-23 e os dois campeonatos da NCAA pela universidade de Nebraska não foram obra do acaso.



4 comentários:

Armando Pinto disse...

É uma honra ter uma atleta do F C Porto campeã da Europa, no caso em Atletismo. Se fosse de outro clube a comunicação social dava destaque, assim... Pode ser estrangeira, mas ninguém diz que o Francis Obikwelu também é estrangeiro, apesar de agora estar naturalizado, entre tantos exemplos... E esta atleta até dá gosto ver, quer com a camisola do F C Porto, como a saltar e vencer, comosem qualquer camisola...!

Dragus Invictus disse...

Olá bom dia amigo Armando,

É um feito para a atleta e para o seu pequeno país, que até agora só conquistou esta medalha de ouro.

E o facto de ter "batido" a brilhante Naíde Gomes, ainda mais valoriza o seu feito.

É como diz uma honra para o nosso clube, contar nas suas fileiras, com uma atleta desta valia.

Vi-me e desejei me para encontrar fotografia do pódio... e não consegui encontrar ainda vídeo do salto, que lhe valeu a medalha.

Abraço

dragao vila pouca disse...

Ai ela é do F.C.Porto, por isso a C.Social não se calava...

No campeonato do Mundo, houve um que até gritou golo de Maxi Pereira, quando o penalty passou a 3 metros da barra...

Um abraço

Dragus Invictus disse...

Boa tarde amigo dragao vila pouca,

Por ser do FC Porto, não mereceu destaque nenhum.

Sabia que tínhamos atletas de leste no atletismo, mas só soube que a medalha de ouro era de uma atleta do nosso clube pela net... e também descobri que a linda menina até já tinha pousado para a playboy ;)

Se fosse uma atleta do fifica, esses anormais que gritam golos com bolas a 3 metros da barra ... até tinham orgasmos cerebrais!

Abraço e bom fim de semana