sábado, 6 de outubro de 2012

Agora na Liga se fazem o favor…

Depois da grande noite europeia no Dragão esperam todos os Portistas outra grande noite, desta vez para a Liga. 
O empate com o Rio Ave já não está na memória da maior parte dos adeptos, depois da excelente exibição frente ao PSG, mas estamos a falar de outra competição onde o FC Porto perdeu dois pontos e o primeiro lugar na Liga.

A competição ainda está no inicio é verdade, mas amanhã não se trata apenas de mais um jogo, trata-se de um confronto directo com um crónico candidato ao título, que apesar de estar quase a bater no fundo, é sempre o Sporting, é sempre um adversário que pode surpreender nos confrontos directos.

Todos os dados apontam para uma vitória do FC Porto, contudo é necessário controlar o excesso de confiança. O Sporting chegará ao Dragão ferido mas com muita vontade de vencer, a mudança de treinador é outro ponto que poderá motivar a equipa a crescer em qualidade.

É certo que a qualidade do plantel do Sporting não se compara à do FC Porto, tiveram muitas alterações na equipa e não se compreende uma estratégia de jogo em campo, mas ainda assim, clássico é clássico, e o FC Porto se colocar a sua qualidade em campo, vencerá com maior ou menor dificuldade.

Vítor Pereira fez apenas uma alteração aos convocados para este jogo, comparativamente com o jogo a meio da semana. Miguel Lopes ficou de fora e entrou Kelvin. Continuam algumas questões que não se percebem nas ultimas 3 convocatórias. Vítor Pereira tem insistido em convocar 5 médios, mesmo tendo em conta que Danilo e James são opções para esse lugar.

Desta vez, entendeu convocar Kelvin, mais um jogador que gosta de actuar mais no meio do que nas alas, em detrimento por exemplo de Iturbe, que é um jogador explosivo e que num jogo de clássico poderia fazer alguma diferença. Mas não, Vítor Pereira deve ter algum critério para as escolhas que faz!

Lista de Convocados: Helton, Danilo, Lucho, Maicon, Castro, João Moutinho, Jackson Martínez, James, Kleber, Varela, Mangala, Fabiano, Fernando, Alex Sandro, Atsu, Kelvin, Otamendi e Defour.


Uma das dúvidas para o jogo de amanhã seria qual o lateral direito. Com a exclusão de Miguel Lopes, está desfeita a dúvida, Danilo será o titular e com ele deverá estar a restante equipa que entrou em campo frente ao PSG.

O onze base parece estar definido por Vítor Pereira, a rotação do lateral direito e do extremo que acompanha James e Jackson, têm sido as alterações por opção mais introduzidas por Vítor Pereira. Com Varela na equipa, claramente a equipa fica com mais experiência em campo, mas Atsu, até poderá ser a surpresa para amanhã.

Equipa Provável: Helton, Danilo, Alex Sandro, Maicon e Otamendi, Fernando, Moutinho e Lucho, James, Varela e Jackson.

A nível táctico Vítor Pereira também não deverá introduzir novidades. A equipa está rotinada neste esquema, mesmo tendo em conta que joga com James como falso extremo.

Exige-se concentração para amanhã. A vitória parece um dado adquirido, mas há que gerir a confiança da equipa, sabendo que depois deste jogo irá haver nova pausa na Liga que só regressará dentro de 20 dias, pelo que é importante somar os 3 pontos e garantir o cimo da classificação.

O jogo está marcado para as 20:45 e terá transmissão na Sporttv.

E que o Dragão se encha para mais uma vitória do FC Porto.

Força Porto.
Ricardo Nuno Gonçalves Jorge

3 comentários:

Dragus Invictus disse...

Boa noite,

Amanhã temos um teste difícil no Dragão diante do Sporting, após um jogo bem conseguido diante do PSG.

Desenganem-se aqueles que pensam que este Sporting não vale mais do que tem mostrado.

É uma equipa jovem, com talento, à qual apenas falta um treinador à Obradovic (andebol FC Porto), que os repreenda e que os proteja.

Mesmo com o grande Oceano no banco amanhã, os de Alvalade irão querer demonstrar o seu valor.

Ao Porto cabe todo o favoritismo, mas para vencer há que manter a atitude patenteada diante dos gauleses, e não uma atitude apática e amorfa como a dos Estádio dos Arcos.

Espera-se um excelente jogo de futebol, com uma equipa de arbitragem que contribua para o espectáculo, e que o nosso Porto vença.

Que o ambiente entre adeptos seja salutar e que desfrutem do dérbi.

Abraço e bom fim de semana

Paulo


dragao vila pouca disse...

Olhando para o momento do F.C.Porto, vemos uma equipa moralizada, confiante e vinda de um belo jogo e uma excelente vitória frente a uma grande equipa. Do lado do Sporting temos uma equipa que tem feito maus resultados, foi goleada frente a uma equipa que lhe era claramente inferior, está sem confiança, perdeu o treinador, está em crise. Sendo assim, não seria abusivo pensar que a vitória vai ser do F.C.Porto. Mas atenção, mal andará a equipa portista se for arrogante, não tiver o espírito e a atitude correcta, menosprezar o adversário, pensar que vai encontrar facilidades. Não vai! Clássico é clássico e muitas vezes quem está mais forte, mais moralizado e é favorito, não ganha. Portanto, para que a vitória frente ao PSG tenha ainda mais significado - não podemos ter um Porto de duas faces...- e possamos chegar à pausa para os compromissos das selecções em alta, é fundamental que os profissionais portistas estejam conscientes que quem morre de véspera é peru e não leão, joguem a um nível semelhante ao de quarta-feira. E como não correrei muitos riscos de me enganar, se disser que o Sporting virá jogar fechado e no contra-ataque, à procura do pontinho, marcar primeiro e de preferência, cedo, facilitará a tarefa ao conjunto azul e branco. Por uma razão simples: para além de desmontar a táctica leonina, aumentará a pressão e a instabilidade sobre uma equipa que vai jogar sob brasas, uma equipa que se perder, fica em muito má situação.

Nota final:
Na quarta-feira faltou público no Dragão, mas não faltou apoio. Hoje espero a mesmo comunhão equipa/adeptos, mas mais público. Será pedir muito?

Abraço

Armando Pinto disse...

Jogo importante, por tudo e mais alguma coisa, como se sabe. Os jogos com os lagartos foram sempre incertos, pela matreirice que costuma ter proteção de certos árbitros e agora com o Jorge é a dedo... sabendo-se como ele tem lixado o Porto. Confio que a nossa equipa consiga superar tudo, até a onda de certo favoritismo que não deve contar. A campanha está montada, como se viu no jogo dos mouros contra o Beira-Mar, por isso há que ter sempre um pé atrás... e o da frente ser destemido e bem assente.
Abraço.
Memória Portista