domingo, 4 de julho de 2010

Continua a confusão de entradas e saídas após o arranque da nova época...

Mais uma vez, lá temos o plantel a ser reformulado, depois do arranque oficial da nova época... tanto tempo para definir o treinador (precisamente uma semana após a rescisão com Jesualdo Ferreira), depois, meteu-se as férias do novo treinador, antes, tinha sido as férias do Presidente...

Como é óbvio, que a contratação de João Moutinho só acontece porque Raul Meireles foi vendido, mas a minha pergunta é: Será que se Portugal chegasse à final, iríamos ter um João Moutinho a aparecer no Porto depois do estágio na Alemanha realizado?

E como ficamos com o caso de Bruno Alves? Sereno, não foi contratado para o substituir, na minha opinião, foi uma boa contratação, sobretudo porque veio a custo zero, não menosprezando o valor do atleta que juntamente com Geromel, há 3 anos atrás fez uma das melhores duplas de centrais em Portugal.

Sempre tive a esperança, que este ano, com novo treinador, nova metodologia, novas exigências, que o plantel fosse construído, pelo menos nas bases, antes do arranque, para dar estabilidade e não assistirmos a este cenário, de um jogador com valor como o Nuno André Coelho, iniciar a pré-época, e 2 dias depois já não estar a treinar no Olival.

Esta indefinição causada sobretudo pelas situações de Bruno Alves e Raul Meireles, irá causar alterações nos sectores defensivos e do meio campo. Se no caso de Raul Meireles, João Moutinho, é uma escolha acertada, sobretudo por ter as mesmas características, já na defesa fico mais preocupado.

Em primeiro lugar, porque o ano passado foi a pior prestação a nível defensivo dos últimos 3 anos, depois, do quarteto que mais jogou, assistimos a vontades expressas de sair de Fucile e Bruno Alves, e por último, com a perda de Nuno André Coelho, obriga o FC Porto a ir ao mercado, situação que á data de hoje já deveria estar resolvida, mas não está.
A nível do ataque, sector que tem tido mais foco por parte dos dirigentes, é a maior trapalhada, que vi nos últimos anos no FC Porto. Não é normal, não estou habituado, a ver jogadores, dirigentes de outros clubes anunciarem acordos com o FC Porto e depois aparecer as situações que surgiram com Kléber e Walter, já para não falar de Tardelli. Facto é, que ainda não temos, pelo menos, um novo avançado oficial, e para a semana, a equipa parte para estágio.

E se a nível de entradas, a confusão está instalada, a nível de saídas, e para meu desagrado, mais uma vez, continua-se a não conseguir resolver as situações de mais de 20 jogadores excedentes, alguns até internacionais, ao ponto de alguns deles até fazerem parte desta primeira fase de preparação.

Estou a falar de jogadores como: Sapunaru, Tomas Costa, Farias e Stepanov, que hoje é noticia por ir integrar o plantel, pelo menos, provisoriamente. Outros, como Pelé, Prediger, Leandro Lima, Benitez, Valeri, Renteria, etc... continuam sem solução, quando todos já sabíamos, os próprios e o clube, que não fariam parte do plantel este ano.

Mas até nos jovens a emprestar, este ano, tem surgido confusões que não é minimamente normal no FC Porto, como são os casos de Hélder Barbosa (primeiro ia para o Nacional, depois acabou em Braga) e Orlando Sá (que tb ia para o Nacional, agora é Marítimo, mas pelos vistos, e pela falta de acordo com Kléber, não irá nem para um nem para o outro).

Compreendo que seja complicado a colocação de tantos jogadores, mas é por essa mesma razão, que o FC Porto, deve contratar menos em quantidade e mais em qualidade, reduzindo assim, o número de atletas com vinculo e ao mesmo tempo, a massa salarial que a situação acarreta. Acredito que num plano a 3 anos, que já podia ter começado no ano passado, a situação estaria controlada, até porque são vários os jogadores de qualidade, das equipas juniores, que poderiam integrar o plantel principal.

Caso mais gritante e a minha grande contestação a nível de reforços, o guarda redes polaco contratado ao Braga. Fala-se tanto do guarda redes Samir Badr, de apenas 18 anos, e foi-se contratar um guarda-redes para ser provavelmente o terceiro no FC Porto. Mais, mesmo na eventualidade de ter não ter tido custos, existe sempre o ordenado, que é superior ao que se pagaria pelo júnior, mas não, contratou-se e logo por 4 anos.

Mas nem tudo está correr mal, no meio de tanta trapalhada, aconteceram já algumas coisas boas, nomeadamente a contratação de Sereno, é um bom jogador e tanto joga do lado esquerdo ou direito na zona central, Souza, que me parece bom defensivamente e com muita habilidade, João Moutinho, que será um bom substituto de Raul Meireles (provavelmente será tb capitão da equipa, pois vamos perder Bruno e Raul) e por fim, James Rodriguez, que é um jogador fenomenal, que já tinha tido oportunidade de o referenciar.

Quanto aos jogadores, que supostamente já têm acordo com o FC Porto, Kléber e Walter, dizer que Walter é craque, tem um feitio complicado, mas qual o craque jovem brasileiro que não tem, e Kléber, que na minha opinião, só faz sentido a pensar no futuro, mas mesmo assim, os 2,3M por metade do passe parece-me exagerado, até porque o FC Porto tem Rabiola e Orlando Sá que vão ser emprestados, este último, que terá custado perto de 4M.

Espero sinceramente que até a equipa ir para estágio, que o plantel fique definido, nomeadamente as saídas de Bruno Alves e Raul Meireles, o reforço da defesa e ataque e sobretudo uma solução para os excedentários. Não faz sentido levar para estágio perto de 30 jogadores, nem tão pouco jogadores que não irão certamente ficar no plantel, a não ser que sejam jovens, para colmatar a ausência dos internacionais que tiveram no mundial.


Ricardo Jorge

4 comentários:

Dragus Invictus disse...

Para criar mais confusão já colocam o Izmailov no FC porto .....

Ora nós já temos 6 médios/alas, podendo ser 7 uma vez que Hulk faz o posição.

Se vier Izmailov ficamos com, James Rodriguez, Cebola, Varela, Ukra, Diogo Viana, Mariano Gonzalez ...

Mais uma vez quem vai ser dispensado ... vão sacrificar o Ukra?!? Ou vender o Mariano?!? O Diogo Viana é certo que deva ser emprestado, agora o Ukra merece uma oportunidade.

Temos também agora 8 médios centro, isto se Meireles sair: Fernando, Souza, Belluschi, Guarin, Rúben Micael, Tomás Costa, Castro e Moutinho !!!

Irão ser dispensados Tomás Costa e Castro?!? Castro acho um erro dispensar...na minha opinião Moutinho veio a mais, pois preferia que apostassem no Castro

Ricardo Jorge disse...

Boas... é isto que me choca...dá a sensação de uma total trapalhada, e parece mesmo que andam a roubar jogadores aos outros rivais... não há um planeamento. James Rodriguez, devia ter sido a primeira contratação, mas pelos vistos só veio, porque ia para o SLB. Enfim, temos perto de 35 jogadores, e como dizes, dispensar o Castro, Ukra e nao dar o lugar de 25º jogador ao Sergio Oliveira, é de muito mau gosto. Concordo com a entrada do João Moutinho, com ou sem Meireles, mas para isso, deveriam primeiro dispensar o Belluschi, Tomas Costa, Pele, Prediger, etc... e nas alas é como tu dizes, o James tem 18 anos, compreende-se, mas deveria ser pelo menos a 4ª opção, em 4 alas. Mas para isso o que fazer com Rodriguez, Ukra, Mariano, Varela... sim, que pelos vistos Hulk vai jogar nas alas, pelo que se ouve que o esquema é 4X4X3...infelizmente...
Daqui a 2 dias partimos para estágio e não há novidades do Bruno e Raul.

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

O sistema táctico pelo que dá a entender do que se lê das crónicas dos treinos será o 4*3*3, embora mais agressivo e mais pressionante.

Estou a advinhar que irão mais uma vez "queimar" jovens valores da nossa formação.
Tanto dinheiro investido na formação, e já vi desperdiçarem o Paulo Machado, Daniel Fernandes, Thiago Silva etc
Espero sinceramente que o Ukra e o Castro fiquem no plantel.
Sérgio Oliveira poderá rodar num clube de primeira liga.

Para a posição médio defensivo temos Fernando e Souza.

Para médio interior esquerdo temos Ruben Micael e Guarin, isto partindo do pressuposto que o Meireles saíra!

Para médio interior direito temos, Belluschi, João Moutinho, Tomás Costa e Castro.

Na minha opinião deveriamos dispensar o Tomás Costa e o Belluschi, embora o Belluschi seja o único jogador que faz bem a posição de pivô atrás do ponta de lança.

Nas alas temos para a esquerda Varela, Cebola e Rodriguez, embora este jovem pela sua fisionomia e pelo que vi nos vídeos ele pode fazer de interior esquerdo.

No lado direito temos Ukra, Mariano e Hulk.

Mariano poderia ser dispensado.

Para avançados centro temos Falcao, Hulk e talvez Walter e Kléber.

Farias deverá ser dispensado

Abraço

Dragus Invictus disse...

Castro poderá ser emprestado ao Leicester ...mais um jovem que vai para a prateleira...