quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Tragam o 66º título para o Porto...



É já depois de amanhã que a época 2010/2011 abre oficialmente com a Supertaça. O embate colocará frente a frente FC Porto e Benfica, equipas que a época passada dividiram em número de títulos os 4 troféus nacionais.

A pré-época do FC Porto, deixa um pouco a desejar, no que diz respeito à planificação da mesma, à definição do plantel e sobretudo à adaptação da equipa ao novo esquema táctico, depois de ter feito os últimos 10 jogos da época anterior, em grande estilo, só com vitórias e muito golos marcados. Mas a pré-época já foi muito debatida e concerteza que Villas Boas e a direcção já percebeu o que ainda falta ao FC Porto, pois é opinião generalizada, que o plantel não está de todo fechado e para além da entrada de um novo central, o ataque e provavelmente as saídas por confirmar de Fucile e Raul Meireles deverão ser sectores a reforçar.

Elogio a posição da SAD, que não me surpreendeu, desta semana, ter permitido que o grupo trabalhasse tranquilamente, preparando o primeiro jogo oficial, e logo, a disputa de um título, pois apesar da saída a meio da semana de Bruno Alves, o novo central está identificado e muito provavelmente contratado, mas só será apresentado depois deste jogo.

Contudo, e apesar de um sinal dado no torneio de Paris, Fucile continua a ser cobiçado, ainda para mais agora, que o potencial clube, vendeu esta semana o lateral direito. Penso que por este motivo e pela falta de ritmo, tal como Raul Meireles, não deverão ser convocados para este jogo.

Para além de Fucile e Raul Meireles, também Guarin, por falta de ritmo, Tomás Costa que já foi dispensado, mas que continua a treinar e Ruben Micael, que tem treinado condicionado deverão juntar-se a Mariano e assim falhar a primeira convocatória oficial.

Sendo assim, Villas Boas, atendendo à condição física dos seus jogadores, deverá convocar os seguintes 18 jogadores:

Guarda-redes: Helton e Beto;
Defesas: Miguel Lopes, Sapunaru, Maicon, Sereno, Rolando e Alvaro Pereira;
Médios: Fernando, Souza, João Moutinho, Castro e Belluschi;
Avançados: James Rodriguez, Varela, Hulk, Falcao e Cristian Rodriguez

Penso que Kieszek não deverá intrometer-se nos 2 guarda redes que transitam do ano passado, Sapunaru que fez uma má exibição no torneio de Paris, não deverá constituir opção, ainda que Fucile não seja convocado, Souza não demonstrou potencial ou mesmo alternativa para o lugar de Fernando, penso até que André Castro terá mais esse potencial e Ukra, que também não foi feliz nesta pré-época, apesar de até ter tido várias oportunidades de demonstrar o seu potencial.

André Villas Boas deverá mesmo apostar no 4X3X3, sistema que a equipa tem jogado nesta pré-época. Independentemente da lista oficial de convocados, penso que o FC Porto deverá alinhar com o seguinte onze:

Guarda Redes: Helton
Defesa: Miguel Lopes, Alvaro Pereira, Maicon e Rolando
Meio campo: Fernando, João Moutinho e Belluschi
Ataque: Hulk, Falcão e Rodriguez

Penso que seja talvez o onze mais equilibrado do FC Porto, face a algumas ausências, equilibrado entre o ponto de vista físico e táctico. Na defesa não há grandes alternativas, sendo que Alvaro Pereira não deverá aguentar o jogo completo e continua a dúvida Fucile. No meio campo, face à incógnita Raul Meireles e à lesão de Ruben Micael, penso que seja o meio campo mais forte no momento. No ataque, face à falta de ritmo de Varela e Cristian Rodriguez, penso que o FC Porto deveria apostar num elemento criativo, que está bem fisicamente, e treina integrado desde o inicio da pré-época.

Do outro lado do campo, estará uma equipa, que não acompanhei de perto a pré-época, mas o que é certo é que perdeu o elemento mais criativo da equipa, Di Maria, e um dos médios mais consistentes, Ramirez. O esquema táctico mantém-se, jogadores novos, Roberto aparece na baliza, mas tem demonstrado qualidade bem inferior a Quim, Gaitan, está a milhas de Di Maria, provavelmente nem será titular e Jara, curiosamente, apesar de tantos elogios da comunicação social, não deverá retirar o lugar a Cardozo e Saviola.

Ainda que com tantas condicionantes, algumas delas responsabilidade exclusiva da direcção, o FC Porto tem tudo para conquistar o seu 66º título oficial e não tenho dúvidas que irá entrar em campo com muita vontade de vencer e muito motivados.

Na conferência de imprensa, de hoje, Villas Boas demonstrou bastante confiança para o embate. Para ele será igualmente um jogo especial, o primeiro oficial como treinador do FC Porto, a primeira final como técnico principal e a primeira oportunidade de conquistar o primeiro título como treinador principal. Adicionalmente, as picadas de José Mourinho, às quais Villas Boas respondeu muito bem, poderão ser mais um factor de confiança.

O árbitro do jogo será João Ferreira (http://pronunciadodragao.blogspot.com/2010/08/supertaca-arbitro-do-tunel-e-o.html), o 4º arbitro do túnel e o tal árbitro que o presidente do Benfica gosta. Não se percebe os critérios da escolha dos árbitros, se por um lado é público ser apreciado por um dos clubes, por outro lado é criticado pelo outro clube, então o bom senso mandava ter sido nomeado um outro árbitro, mas não, optou-se por um árbitro que até nem é dos melhores a apitar. Critério seria, optar pelo árbitro que ficou em primeiro lugar, Pedro Proença, apesar de sócio do Benfica sempre existiria um critério.

Última nota para as provocações, túneis, que o nosso próximo adversário é especialista, um apelo forte aos jogadores, principalmente, para que, independentemente do resultado, evitem o confronto da provocação, para que o clube não seja mais prejudicado. Aos adeptos, espero que encham 50% do estádio, numa demonstração clara de suporte à equipa. Sei que não tem faltado esse apoio, mas existem milhares e milhares de portistas espalhados por Portugal, que por vezes penso porque razão não assistimos a presenças mais numerosas nos vários estádios de Portugal.

O jogo está marcado para sábado, dia 7, pelas 20:45 na TVI, como dizia o Herman, o tal canal...

Ricardo Jorge

4 comentários:

Armando Pinto disse...

Isso, que os futebolistas do F. C. do Porto tragam esta Taça é o que interessa. Por todas as razões e mais uma: por quanto a desejo...!
Abraço
http://www.longara.blogspot.com/

Dragus Invictus disse...

Olá bom dia, vai ser uma batalha complicada...mas confio na conquista!

Espero que os jogadores acima de tudo deixem tudo em campo.

Um abraço

Dragus Invictus disse...

Raul Meireles foi convocado por André Villas-Boas para a disputa da Supertaça Cândido de Oliveira. O médio português não foi utilizado na pré-época, numa altura em que foi aventada a possibilidade de saída. Contudo, o jogador continua no Dragão e vai defrontar o Benfica neste sábado.

Fucile, por outro lado, não está na lista de convocados do F.C. Porto. O Schalke04 continua interessado no lateral, sobretudo depois de ter concretizado a transferência de Rafinha para o Génova, a troco de nove milhões de euros.

As ausências dos reforços James Rodriguez e Walter também causam surpresa, mas poderão estar relacionadas com a ausência dos indispensáveis certificados internacionais. Ruben Micael não recuperou e continua a treinar de forma condicionada. Mariano divide o seu tempo entre o ginásio e as sessões de tratamento.

Dragus Invictus disse...

Lista de convocados:

Guarda-redes: Helton e Beto;
Defesas: Miguel Lopes, Sapunaru, Maicon, Sereno, Rolando e Alvaro Pereira;
Médios: Fernando, Souza, João Moutinho, Raul Meireles e Belluschi;
Avançados: Ukra, Varela, Hulk, Falcao e Cristian Rodriguez