domingo, 5 de Setembro de 2010

Andebol * EHF Champions League * FC Porto 24 - Metalurg 24

EHF Champions League, torneio de apuramento – grupo 2, segunda jornada
4 de Setembro de 2010
Pavilhão Dragão Caixa, no Porto

Árbitros: Rickard Canbro e Mikael Claesson (Suécia)

FC PORTO: Hugo Laurentino (g.r.), Filipe Mota (1), Tiago Rocha (4), Dario Andrade (1), Ricardo Moreira (7), Wilson Davyes (2) e Inácio Carmo (1)
Jogaram ainda: Nuno Grilo, Gilberto Duarte (6), Augusto Pedro e Pedro Spínola (2)
Treinador: Ljubomir Obradovic

HC METALURG: Petar Angelov (g.r.), Mladen Rakcevic (4), Goce Georgievski (1), Duje Milak (1), Filip Mirkulovski (1), Naumce Mojsovski (2) e Stefche Alusovski (6)
Jogaram ainda: Milan Levov (1), Filip Lazarov, Velko Markoski, Zlatko Mojsovski (6), Goran Gjorgonoski, Mitko Stoilov (1), Ace Jonovski e Ivan Smigic (1)
Treinador: Lino Cervar

Ao intervalo: 14-10


O FC Porto empatou ontem com Metalurg da Macedónia, que já estiveram duas presenças na Champions League, por 24-24, na segunda jornada do torneio de qualificação para a EHF Champions League.

Ontem o FC Porto, esteve duas vezes a vencer por uma diferença de 6 golos no marcador (19-13 e 21-15), todavia quando teve de haver a necessária rotação do plantel, pois este torneio de 3 jogos em 3 dias assim o exige, permitiram ao Metalurg marcar 5 golos sem resposta em seis minutos e a anulação da desvantagem.
Fomos claramente superiores a uns macedónios que davam dois de nós fisicamente, e que na defesa lhes era permitido por parte da equipa de arbitragem usar essa força física além do razoável.
Tal como no jogo de ontem, entramos adormecidos no jogo, mas sempre seguros defensivamente, ao nível da eficiência defensiva demonstrada na época transacta.

in fcporto.pt

Com o passar dos minutos, o FC Porto Vitalis manteve a segurança defensiva e aumentou o ritmo no ataque, conseguindo mesmo gizar lances de excelente recorte.

Gilberto Duarte voltou a entrar com extrema confiança na partida e, nos instantes finais do primeiro tempo, Pedro Spínola, com um remate surpresa aos nove metros, e Ricardo Moreira, num contra-ataque criado pela defensa agressiva da equipa casa, elevaram a contagem para 14-9. Em inferioridade numérica, os Dragões conseguiram um parcial de 2-0 e foram para o intervalo a vencer por 14-10.

A primeira metade da segunda parte voltou a ser completamente dominada pelo FC Porto, que teve por várias vezes seis golos de vantagem. O andebol-espectáculo contagiou os cerca de 1200 espectadores presentes no Dragão Caixa, com Ricardo Moreira e Gilberto Duarte a combinarem numa jogada área que colocou o marcador em 18-12. A primeira linha funcionava em pleno e nada fazia prever que a vitória fugisse aos azuis e brancos.

Contudo, os macedónios recuperaram – beneficiando de uma estranha mudança de critérios da arbitragem no que toca aos lances ofensivos – e levaram a decisão para os últimos minutos. Foi preciso apelar à alma do Dragão e Ricardo Moreira (melhor marcador da partida, com sete golos) colocou o FC Porto Vitalis na frente, a 30 segundos do fim. Um livre de sete metros de Mojsoski, a cinco segundos do termo do encontro, deixou tudo empatado. Não há muito a lamentar, porque as decisões finais ficariam adiadas, de qualquer forma, para a última jornada.

Gilberto Duarte com 6 golos e Ricardo Moreira com 7 golos estiveram em destaque.
Hugo Laurentino também fez uma excelente exibição, e ele é o tal sinónimo da segurança defensiva!

Obradovic
"Não gosto de ficar à frente do marcador por muitos golos logo no início do jogo. O nosso plantel é jovem e algo inexperiente nestas provas e quando se sentiu a dominar pensou que o jogo tinha acabado, mas o jogo só acaba com um apito e quanto o árbitro apitou o Metalurg tinha empatado." Foi assim que o técnico do FC Porto explicou o resultado, algo inesperado, frente aos macedónios. Segundo Obradovic, hoje o FC Porto defrontará "uma equipa como o Metalurg, que não brinca e luta sempre até ao fim. A única diferença é que os macedónios jogam mais de modo individual, os bielorrussos têm um sistema de jogo". 

Hugo Laurentino
"O resultado não espelha o que se passou em campo. Fomos superiores, mas com dez minutos sem marcar é evidente que o Metalurg iria aproveitar." 

O FC Porto terá de vencer hoje o Dínamo de Minsk para conseguir o apuramento para a fase de grupos da Liga dos Campeões. O jogo entre o Zaporohye e Dínamo de Minsk, que terminou com a vitória tangencial (29-28) dos bielorrussos, coloca a formação de Leste com mais um ponto do que o FC Porto, daí a obrigatoriedade de hoje VENCER. 

Pinto da Costa que assistiu ao jogo e antes esteve ao lado da equipa durante o aquecimento. No fim voltou a descer ao terreno de jogo, para a cumprimentar. "Foi uma jornada emocionante. Tivemos o jogo na mão mas acabámos por ceder o empate em cima do apito final. Agora vamos ganhar. Contamos com o apoio do nosso público. Por mim, cá estarei", disse.

Jogos para o dia de hoje:

HC Metalurg - ZTR Zaporozhey ( 15H00 ) ( RTP2 )
HC Dínamo Minsk – FC Porto ( 17H00 ) ( RTP2 )


Resumo do jogo


TODOS AO DRAGÃO CAIXA HOJE ÀS17h00

Sem comentários: