domingo, 5 de Setembro de 2010

EHF Champions League, afastados ao milésimo de segundo e os "encomendados" dinamarqueses!

Andebol * EHF Champions League * HC Dinamo Minsk 23 - FC Porto 23

EHF Champions League, torneio de apuramento – grupo 2, 3ª. jornada
Pavilhão Dragão Caixa, no Porto
Assistência: 1.932 espectadores

Árbitros "encomendados": Martin Gjeding e Mads Hansen (Dinamarca)

HC DINAMO MINSK: Koshovy (g.r.), Kazhaneuski (6), Rutenka (2), Pukhouski, Cepulis (1), Onufryienko (6) e Tsitou (1)
Jogaram ainda: Babichev (3), Shylovich (1), Kovalenko e Atman (3)
Treinador: Sergii Bebeshko

FC PORTO: Hugo Laurentino (g.r.), Filipe Mota (7), Tiago Rocha (2), Dario Andrade (1), Ricardo Moreira (3), Wilson Davyes (1) e Inácio Carmo
Jogaram ainda: Nuno Grilo (6), Gilberto Duarte (1) e Pedro Spínola (2)
Treinador: Ljubomir Obradovic

Ao intervalo: 13-10

Hoje, o FC Porto não conseguiu qualificar-se para a fase de grupos da EHF Champions League.
Foram uns últimos 15 segundos emocionantes, as equipas estavam empatadas a 23 golos, o Dragão Caixa deitava labaredas, os jogadores do Dínamo a fazer tudo por tudo para evitar a derrota, um jogador bielorusso é excluído a 10 segundos do fim, o nosso treinador e bem retira Laurentino e coloca Gilberto Duarte no ataque, os bielorrusos aguentam os nossos bravos atletas, faltam 5 segundos e na marcação de uma falta surge uma jogada fantástica, a bola é colocada na ponta esquerda em Wilson Davyes, que simula remate e faz um passe que sobrevoa a área para a ponta direita para Ricardo Moreira que conclui com um excelente golo … o árbitro não valida … passavam umas milésimas de segundos depois do apito final… na bancada gritámos golo … só percebi que tinha sido invalidado quando vi o Ricardo Moreira cair frustrado com as mãos na cabeça.


O público do Dragão Caixa reage de imediato com um grande apoio aos nossos bravos jogadores que tudo fizeram para vencer.

Aos contrário dos dois jogos anteriores, entramos fortes no jogo, agressivos e em poucos minutos fizemos 3 golos sem resposta, o Dragão Caixa estava em ebulição, os bielorussos tentavam aguentar-se usando a sua corpulência, chegamos a estar a ganhar por 4 golos de diferença (6-2), mas eis que surgem dois “encomendados” dinamarqueses que vieram apitar o jogo, a excluir jogadores do FC Porto, e a mandar ter calma aos nossos atletas cada vez que os bielorussos usavam e abusavam do físico sem serem excluídos.
Tivemos uma imensa falta de sorte nesta primeira parte com várias bolas nos postes, e com Dário Andrade numa tarde infeliz. Obradovic na segunda parte retirou mesmo Dario do jogo, dando-lhe um abraço paternal e o público gritou pelo seu nome dando o apoio ao atleta.
Com toda a nossa falta de sorte e com a ajuda dos “encomendados” dinamarqueses, o Dínamo chega ao intervalo a vencer por 13-10.

Na segunda parte marcamos 4 golos sem resposta, três dos quais apontados pelo Filipe Mota, e conseguimos passar para a frente do marcador.

O Dínamo, fruto da sua experiência e da ajuda dos “encomendados” dinamarqueses conseguiram equilibrar novamente a contenda.
Estes “encomendados” dinamarqueses só deram a primeira exclusão ao Dínamo aos dois minutos e meio da segunda parte!!!! E fiquei com a sensação que uma das bolas que bate na trave e no chão entra na baliza, não tendo sido considerado golo.
Ontem levamos com uma dupla sueca de "encomendados", e hoje foi uma dupla dinamarquesa de "encomendados", tal como no futebol, estes árbitros nórdicos, também na EHF são os árbitros dos favores!!!
Até ao final foi um jogo equilibrado, e as vantagens nunca foram além de um golo.
Aos bielorussos bastava o empate, e com o passar dos minutos fizeram valer essa condição.
Destaco na equipa do Dínamo o guarda-redes que não cabia (em altura) na baliza, o número 19 e o ponta direita número 33.
Na nossa equipa estiveram em plano de evidência Laurentino, Filipe Mota (melhor em campo na minha opinião) e Nuno Grilo (apesar de por vezes se precipitar nos remates).
Sempre com o apoio do público, a equipa acreditou sempre e deixou a pele em campo.
Foram bravos os nossos rapazes, uns dragões valentes que mereciam a qualificação. Fomos roubados ontem e hoje por arbitragens vergonhosas, que ajudaram a afastar-nos da EHF Champions League.


Ljubomir Obradovic
«Em primeiro lugar, sou um homem muito orgulhoso dos meus jogadores e dos adeptos, que apoiaram a equipa do princípio ao fim. Tacticamente e fisicamente aguentámos tudo. Mais uma vez, não compreendo quando se marca ou não dois minutos, quando é jogo passivo e falta, de um lado e do outro. Por outro lado, estou muito triste, porque esta equipa é muita séria, treina todos os dias quatro horas ou mais. O Dinamo Minsk é uma equipa muito séria, muito boa, que sabe o que quer em cada momento, na defesa e no ataque. Quero dar-lhes os parabéns pela entrada na Champions League e desejar-lhes muita sorte.»

Pedro Spínola
«Por um golo se ganha, por um golo se perde. Sentimos muita frustração por não conseguirmos um dos objectivos da época, por um golo, por um segundo. Não é fácil digerir a quente o que se passou. Temos de continuar a trabalhar para todos os outros objectivos. Começámos agora a época, temos um mês de trabalho. Para o ano temos a possibilidade de voltar a lutar por este objectivo e isso é o mais importante.»

Resumo do Jogo




5 comentários:

dragao vila pouca disse...

Quem dá o que tem, a mais não é obrigado e vocês deram tudo. O sonho da Champions terminou, por este ano, mas a vida continua e há mais coisas para ganhar...

Aos adeptos, principalmente aos que estiveram no Dragãozinho, os três dias, uma palavra de parabéns, vocês também deram tudo e não foi por falta de apoio que a equipa não conseguiu os seus objectivos.

Aos dirigentes, meus senhores, é muito bonito ter um plantel 100% português, mas a este nível isso tem consequências. Não podemos bater-nos frente a equipas desta qualidade, sem ter um banco à altura, com jogadores capazes de subsituirem, bem, os que já estão cansados. Esta equipa, este grupo fantástico, merecia da vossa parte um esforço para reforçar o plantel, não, apenas, com jovens promessas, mas com jogadores capazes de ajudarem, efectivamente. Até porque, mesmo para a liga interna, os nossos principais rivais apresentam novos reforços todos os dias...

Uma palavra para o Mister: nós também estamos orgulhosos de vocês...

Um abraço

penta1975 disse...

o que me apraz referir sobre este jogo é que «as árvores caem de pé».

saudações PENTAcampeãs!

Tomo I

Eduardo Caldeira disse...

O vídeo é do Blog Dragões Azuis

http://www.dazuis.blogspot.com

Um abraço! ;)

Dragus Invictus disse...

Olá amigo Eduardo Caldeira,

Já efectuei a correcção da autoria do vídeo. Peço desculpa por ter errado na fonte.
Entretanto já adicionei o vosso blogue no separador blogues a visitar.

Abraço

Eduardo Caldeira disse...

Não tem qualquer problema, também já adicionei o vosso blogue nas hiperligações.

Quanto ao canal dos vídeos, esse canal que adicionou não é propriamente do blogue, já que eu e o Manuel Pérez, temos contas distintas no youtube e ambos somos administradores dos Dragões Azuis.

Um abraço! ;)