segunda-feira, 18 de Outubro de 2010

Andebol * FC Porto 32 - Sporting 25

7ª. Jornada * Campeonato Nacional

Jogo no Dragão Caixa, no Porto.

Ao intervalo: 13-12.

Sob arbitragem de Eurico Nicolau e Ivan Caçador, as equipas alinharam e marcaram:

FC Porto (32): Hugo Laurentino (gr), Nuno Pereira Grilo (5), Gilberto Duarte (3), Jorge Silva (1), Filipe Mota (9), Pedro Spínola (2), Tiago Rocha (2), Dário Andrade, Ricardo Moreira (6), Wilson Davyes (3), Inácio Carmo (1)

Sporting (25): Hugo Figueira (gr), Pedro Portela (2), Bruno Moreira (2), Bosko Bjelanovic (4), Rui Silva (7), Pedro Solha (2), Ricardo Dias (2), João Pinto (3), Hugo Rocha, Carlos Siqueira, Fábio Magalhães (3).

Marcha do marcador: 2-2 (05 minutos), 2-7 (10), 4-8 (15), 6-8 (20), 11-12 (25), 13-12 (intervalo), 17-13 (35), 19-16 (40), 22-18 (45), 26-21 (50), 28-23 (55) e 32-25 (final).

Assistência: 1520 espectadores.

in fcporto.pt

FC Porto Vitalis triunfa em clássico sublime

Entrega máxima e elevado sentido de recuperação. O FC Porto Vitalis venceu, este domingo, o Sporting, por 32-25, no clássico da jornada 7 do campeonato. Os Bicampeões não entraram com o fulgor que lhes é característico, mas souberam dar a volta ao resultado de forma magistral, transformando um encontro difícil num desafio fantástico, a que assistiram mais de 1500 espectadores. Grande tarde de andebol no Pavilhão Dragão Caixa.

Os azuis e brancos viram-se em desvantagem até aos últimos minutos da primeira parte, acabando por inverter o marcador ainda antes do intervalo, partindo então para uma exibição fabulosa, impulsionada, em boa parte, pelos desempenhos do guarda-redes Hugo Laurentino, autor de um conjunto de defesas impossíveis, e do central Filipe Mota, melhor marcador da partida, com nove golos.

Na segunda parte, a formação comandada por Ljubomir Obradovic apoderou-se por completo do guião do jogo, escrevendo golos atrás de golos, sem nunca permitir muitas hipóteses de resposta ao Sporting, nessa altura já totalmente dominado pelo poderio e pela determinação dos jogadores da casa.

Além de Filipe Mota (9), marcaram para o FC Porto Vitalis Ricardo Moreira (6), Nuno Grilo (5), Gilberto Duarte (3), Wilson Davyes (3), Pedro Spínola (2), Tiago Rocha (2), Jorge Silva (1) e Inácio Carmo (1).



Figura
Hugo Laurentino
Os contra-ataques começam nele

O guarda-redes do FC Porto foi o principal responsável, em campo, pela reviravolta no rumos dos acontecimentos. Voltou a fechar a baliza e a proporcionar diversos contra-ataques que terminaram em golos.

No rescaldo do encontro, o treinador azul e branco reconheceu que a sua equipa não entrou como habitualmente, destacando, por outro lado, o facto de ter conseguido recuperar e dar a volta ao resultado: «A equipa renasceu como uma Fénix e acabámos por retirar deste jogo uma boa experiência».

«Parabéns aos jogadores e ao público, que esteve fantástico, e ao Sporting, pela luta que deu. Vem aí uma série de partidas importantes e temos de estar preparados», rematou.

POS Equipa Pts JG V E D GM GS Cartões amarelos Duplos cartões amarelos Cartões vermelhos
1 Benfica 19 7 6 0 1 254 190


2 FC Porto Vitalis 19 7 6 0 1 236 187


3 ABC 17 7 5 0 2 187 168


4 Belenenses 15 7 4 0 3 193 177


5 Madeira SAD 15 7 4 0 3 176 183


6 Sp. Horta 15 7 4 0 3 202 188


7 Sporting 15 7 4 0 3 192 169


8 Águas Santas 15 7 4 0 3 188 183


9 Acad. São Mamede 12 7 2 1 4 170 210


10 Xico Andebol 9 7 1 0 6 187 232


11 M.B./Colégio 7 Fontes 9 7 1 0 6 156 221


12 São Bernardo 8 7 0 1 6 187 220

Na próxima quarta-feira, dia 20 de Outubro pelas 19h30, o FC Porto recebe no Dragão Caixa o Belenenses em jogo da 8ª. jornada.

Sem comentários: