sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Primeira final de 5

Foi Villas Boas que traçou este objectivo. O FC Porto está a 5 vitórias de não restar dúvidas de que o FC Porto será o futuro campeão nacional.

Antevisão de Villas-Boas:



Faz algum sentido esta marca, pois significará que, mesmo que o adversário directo, ganhe os jogos até ao derby, o FC Porto ficará com 11 pontos de vantagem, quando ficarão apenas 15 pontos por disputar.

Eu não iria tão longe, penso que será suficiente, o FC Porto apresentar-se em Lisboa com a mesma diferença pontual e depois sim, independentemente do que aconteça nesse jogo, o FC Porto será sempre campeão nacional.

O primeiro desafio chama-se Olhanense. Tal como na primeira volta, o FC Porto encontra um Olhanense muito bem classificado, partilhando o 7º lugar com o SC Braga, a apenas 2 pontos de uma posição que permita o apuramento para as competições europeias. Não menos surpreendente é o facto de ter apenas mais 1 golo marcado do que os golos sofridos o que demonstra uma equipa, frágil no ataque e na defesa, mas consistente e que tem vindo a somar pontos atrás de pontos.

Contudo, e dadas as boas relações do presidente do Olhanense com o nosso mais directo adversário, foi mais do que óbvio esse namoro na mais recente novela "Jardel", não será um Olhanense a jogar futebol de ataque que o FC Porto irá encontrar. É esperada uma equipa muito fechada e que ficará radiante e quem sabe com um prémio de jogo chorudo, se conseguir retirar pontos ao FC Porto.

Este será sem dúvida um jogo muito complicado para o FC Porto. É preciso que a equipa jogue um futebol concentrado, agressivo e com muita qualidade, para garantir os 3 pontos. Repetir sim a última exibição contra o Sevilha, mas não tão perdulário.

De regresso ao campeonato estão Alvaro Pereira e Falcão. Duas boas noticias para Villas Boas que conta assim com 2 opções, das mais fortes no plantel, para estes último 2/3 de campeonato. Relativamente à última convocatória apenas a registar a saída de Cristian Rodriguez e a entrada de Mariano Gonzalez.

Lista de convocados: Helton, Maicon, Alvaro, Guarín, Belluschi, João Moutinho, Falcao, Mariano, Hulk, Fucile, Rolando, Varela, James, Sapunaru, Beto, Fernando, Rúben Micael e Otamendi.

Não deverão existir muitas mudanças no onze inicial. Apenas Sapunaru deverá regressar à titularidade mantendo os restantes 10 jogadores que alinharam contra o Sevilha. Tacticamente o FC Porto manterá o mesmo esquema potenciando as alas atacantes que possam servir Falcão.

Equipa provável:
Helton, Sapunaru, Alvaro Pereira, Rolando e Otamendi, Fernando, Moutinho e Belluschi, Hulk, Varela e Falcão.

Entramos numa fase crítica da época, ainda que exista uma vantagem de 8 pontos a separar do segundo classificado, não esquecer que existe um confronto directo daqui a 4 jornadas, pelo que é muito importante até lá somar por vitórias os 4 jogos. Pelo meio, o FC Porto terá 2 jogos para a Liga Europa que o FC Porto aposta igualmente forte.

Outro aspecto muito importante é os adeptos e sócios do FC Porto. É agora, sobretudo, que temos de estar massivamente com a equipa, seja no Sul, no Norte, no Centro, ou mesmo em Lisboa. É agora que a equipa necessita de sentir um apoio forte e incondicional de todos os portistas. Para já, há que reunir todos os portistas do Algarve que possam deslocar-se a Olhão massivamente para apoiar o FC Porto.

O jogo está marcado para as 20:15 e terá transmissão na TVI.

Força Porto.
Ricardo Jorge

3 comentários:

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Hoje o FC Porto vai defrontar uma equipa muito organizada e bem orientada por um treinador que aprecio bastante, Daúto Faquirá.

É uma equipa com jogadores experientes, tais como Djalmir, Rui Duarte, Maurício, Nuno Piloto, Tiero, Carlos Fernandes, Jorge Gonçalves e Paulo Sérgio. Na baliza tem um jovem guarda-redes emprestado pelo Sporting, Ricardo Batista, que se tem afirmado como um excelente valor. André Micael é um jovem central que também se tem vindo a impor.
Cuidado com os lances de bola parada, Djalmir e Maurício são muito perigosos ... e com o árbitro João Capela há que ter cautela!

O Porto tem de ser uma equipa concentrada e pressionante. Não esperar que o golo apareça, mas sim procura-lo com afinco desde o apito inicial.
Já contamos com Alvaro e Falcao, dois jogadores muito importantes na nossa equipa, que irão trazer mais qualidade no ataque.

Villas-Boas traçou o objectivo: 5 vitórias.
Se nós vencermos os 4 próximos jogos, poderemos encarar o jogo da Luz como o jogo da consagração.

Logo espero uma vitória, e que os dragões espalhados pelo centro e sul compareçam em massa no Algarve.

Abraço e bom fim de semana

Paulo

dragao vila pouca disse...

Depois de um jogo tremendo, de Champions, que causou um grande desgaste físico e psicológico, frente ao Sevilha, o F.C.Porto desce até ao Algarve para defrontar o Olhanense. A equipa algarvia é boa, está bem orientada, tem feito um excelente campeonato e em casa ainda não perdeu. Para sair incólume do José Arcanjo, onde o ambiente é fervoroso, é necessário um Porto com a mesma atitude dos grandes jogos, disponível para todos os sacrifícios, a jogar bem e, muito importante, a não ser tão perdulário como na quarta-feira. Se for assim e se soubermos resistir à pressão e às provocações - temos vários jogadores com quatro amarelos: Helton, Hulk, Guarín, Fernando, Álvaro, Sapunaru e Otamendi... - com mais ou menos problemas, conquistaremos a primeira das cinco vitórias que pretende André Villas-Boas.

Um abraço

AZUL DRAGÃO disse...

Boas ,


Um jogo tão difícil como importante para as nossas aspirações .

Vamos lá rapazes !

Um abraço