quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Mais fortes para o regresso ao Dragão

Apenas 3 dias depois da boa vitória em Leiria, o FC Porto regressa amanhã ao Dragão à procura de mais uma vitória em véspera da estreia na Champions League.

E vai ser um regresso ao Dragão de um FC Porto bem mais forte do que aquele que se estreou em jogos oficiais frente ao Gil Vicente. Ainda que continuem alguns jogadores importantes de fora, o FC Porto demonstrou em Leiria que está efectivamente mais forte, quer do ponto de vista da qualidade de jogo, quer sobretudo do ponto de vista anímico.

Inicia-se assim o primeiro ciclo de jogos num curto espaço de tempo e que irá colocar à prova este FC Porto. Serão 4 jogos em 13 dias, 3 jogos para a Liga e um para a Champions. E é um ciclo que antecede mais uma paragem para as selecções e a 6ª jornada onde jogará frente ao rival do Colombo.

Já o ano passado o FC Porto organizou a sua estratégia a curto prazo baseada nos diversos ciclos de jogos com o sucesso que todos puderam comprovar. Este ano não será diferente, e neste caso, o FC Porto tem como objectivo não perder qualquer ponto nos jogos da Liga e iniciar com uma vitória a Champions League, logo frente ao mais poderoso adversário do grupo.

Mas para já a concentração está no jogo de amanhã frente ao Vitória de Setúbal, equipa que até iniciou bem esta época, com uma vitória e um empate nos primeiros 2 jogos, tendo sido derrotada na última jornada em casa frente ao SC Braga.

Aparentemente é um Vitória muito parecido com a da época passada, tendo mantido a estrutura da época passada. Destaques para o Guarda-Redes Diego que faz sombra ao veterano Ricardo, uma defesa muito experiente onde se destaca Ney Santos, Miguelito e Ricardo Silva, no meio campo continua a experiência, com Neca, Zé Pedro, Jorge Gonçalves ou mesmo Bruno Amaro e no ataque a referência maior é Pitbull, mas ainda existe João Silva, um avançado promissor titular da selecção Sub-21 de Portugal.

É sem dúvida uma equipa experiente que é bem capaz de criar inúmeras dificuldades ao FC Porto, sobretudo do ponto de vista defensivo, que conta com uma defesa e meio campo muito experiente.

É esperado um FC Porto totalmente diferente daquele que jogou contra o Gil Vicente. Em primeiro lugar dessa equipa não vão estar disponíveis Sapunaru, Otamendi e Guarin, jogadores que nesse jogo não estiveram no seu melhor, sobretudo Sapunaru e Guarin. Não foi só apenas um jogador ou sector que esteve menos bem, no global a equipa esteve nervosa pouco concentrada e sem ideias valeu a exibição eficaz de Hulk que acabou por resolver praticamente sozinho o jogo.

Agora a confiança é maior e a tranquilidade que o grupo tem agora foi notória na forma como jogou em Leiria. Os regressos à equipa de Alvaro Pereira, Belluschi e James traduziram-se em qualidade acrescida para a dinâmica da equipa, pelo que é esperado amanhã um FC Porto mais agressivo e com maior velocidade para garantir o mais depressa possível uma vantagem confortável para gerir o jogo como tanto gosta de o fazer.

Vitor Pereira, neste curto espaço de tempo, não conseguiu reunir todos os jogadores que estiveram envolvidos nas selecções.

Guarin ainda não chegou, o que não deixa de ser algo estranho, Otamendi regressou aos treinos apenas hoje e Sapunaru regressou hoje mas lesionado. Quem continua a recuperar de lesões são os esquerdinos Rafa e Alex Sandro. Por opção Varela ficou de fora, tal como Iturbe, que ainda não foi desta que se irá estrear. Hulk continua em dúvida sendo que é provável que desta vez Vitor Pereira, ainda que o tenha convocado, não arrisque a titularidade, depois de ter jogado menos de 24 horas depois do jogo da selecção e depois de ter estado nos últimos dois dias em recuperação da lesão sofrida em Leiria.

Lista de convocados: Helton, Maicon, Alvaro Pereira, Belluschi, João Moutinho, Cristian Rodríguez, Kléber, Hulk, Fucile, Rolando, Walter, James, Djalma, Mangala, Souza, Fernando, Bracali e Defour.

Vitor Pereira faz assim apenas uma alteração na convocatória, com a entrada de Djalma para o lugar de Varela. Aparentemente por opção, é certo que Varela ainda não está nas condições que já seriam espectáveis mas convém dizer que apesar de ter entrado menos bem em Leiria, acabou por assistir James para o 3º golo do FC Porto e marcar mesmo o 5º golo, pelo que, do ponto de vista da influência no resultado, esteve bem.

Em relação à equipa que vai entrar em campo, apenas deverá ser feita uma alteração. Será prudente deixar o incrível no banco e assim garantir o regresso em condições para a próxima terça-feira na Champions. Expectativa para ver se Fernando mantém a titularidade. Foi talvez dos jogadores menos em foco em Leiria, estando claramente longe da forma física dos restantes colegas e para este jogo é provável que Souza regresse à titularidade, sendo um jogador com melhor condição física para permitir que Moutinho e Belluschi avancem mais no terreno, num jogo em que o FC Porto é claramente favorito.

Para o lugar de Hulk deverá avançar o Cristian Rodriguez, de quem se fala que está a treinar com bastante vigor e com vontade de voltar às exibições de grande nível que preconizou na primeira época de Dragão ao peito.

Equipa Provável: Helton, Fucile, Maicon, Rolando e Alvaro Pereira, Souza, Belluschi e João Moutinho, Cristian Rodríguez, Kléber e James.


Importante a concentração neste jogo, jogo que é fundamental para o cumprimento do objectivo traçado para este primeiro exigente ciclo de jogos. O FC Porto tem um conjunto de opções fortes, no plano defensivo e do meio campo, pelo que começa aqui também o trabalho exigente de gestão do plantel por parte de Vitor Pereira.

A alegria e a confiança está agora mais evidente por parte dos adeptos pelo que é importante amanhã estarem em grande número para apoiar a equipa, tal como fizeram frente ao Gil Vicente.

O jogo está marcado para as 20:15 e terá transmissão na Sporttv.

Força Porto.
Ricardo Jorge

3 comentários:

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Num curto espaço de tempo o FC Porto efectua mais um desafio.

Tem sido um ciclo de muitos jogos, e por conseguinte, logo seria importante resolver cedo a partida para depois dar descanso aos mais utilizados. Na terça-feira temos já o primeiro jogo da champions.

O Vitória de Setúbal das peças essenciais do seu onze, apenas perdeu Zeca para o Panathinaikos, mas reforçou-se com o jovem João Silva.

Têm um excelente guarda-redes - Diego, e tem uma defesa experiente, mas dura de rins.

Ao Porto cabe assumir as rédeas do jogo, e procurar resolver cedo.

Espera-se muito apoio no Dragão para empurrar a equipa para mais uma vitória.

Um abraço e bom fim de semana

Paulo

Armando Pinto disse...

Para ganhar! Um jogo próprio para dar tranquilidade, como se precisa no momento, antes do começo da Liga dos Campeões e na fase de afirmação no Campeonato / Liga nacional, além de tirar veleidades aos adversários mais directos e meter ainda mais medo aos mouros vermelhos e sua comandita orquestrada. E vamos ganhar!
Abraço.

ℙ℮₦☨∀➆➄ ♅ disse...

parafraseando um Amigo comum, logo à noite não poderemos fucilitar! ;)


«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs! ;)

Miguel | Tomo II