sábado, 21 de janeiro de 2012

Avança o miudo para o ataque…

Se no mercado de verão, após a saída de Falcão, ainda que a equipa tenha ficado orfã de um atacante, permaneceram no plantel Hulk, Kléber e Walter, este mercado de inverno, foi entendimento da SAD dispensar Walter por empréstimo, ficando à data apenas com as opções de Kléber e Hulk.

Sendo as lesões uma realidade durante uma época desgastante, não deixa de ser constrangedora a situação actual do FC Porto, que num contexto que já sabia que Djalma estaria ausente perto de 1 mês, tenha a necessidade de recrutar um júnior para ter mais uma opção no ataque.

Já passaram 5 meses desde a saída de Falcão, o primeiro mercado e agora estamos a escassos 10 dias para vermos a última possibilidade de reforçar a equipa onde ela mais necessita desde o verão.

Será que a SAD já escolheu o avançado? Será que está apenas à espera de transaccionar Guarin? Ou Sapunaru? Ou será que vem aí uma grande contratação e está apenas a jogar com a situação para que o seu rival não se sinta na necessidade de se reforçar?

Curiosamente, e ao contrário do que se passou no inicio de Janeiro, as especulações deixaram de surgir na comunicação social. Primeiro foi Teófilo, depois Jackson, depois Djaló e mais recentemente Éder, alguns desmentidos por Pinto da Costa, com excepção de Jackson e Éder.

Outro facto curioso é que Éder não foi convocado para o jogo de ontem da Académica, sendo os motivos avançados o facto de o jogador estar a tratar do seu futuro.

A questão que se coloca é: Mas algum destes nomes virá acrescentar alguma coisa ao ataque do FC Porto?

Muito se fala que na época passada o FC Porto continuou a ganhar sem Falcão e que na época anterior também ganhou sem Hulk, mas a outra questão que interessa reflectir é se nessas épocas, sem Falcão e sem Hulk ao mesmo tempo, o FC Porto teria ganho?

Amanhã vamos defrontar o Vitória de Guimarães, que já sabemos que na época passada, receberam o maior prémio alguma vez pago por terem empatado com o nosso clube, e já esta época continuam com a submissão ao ponto de terem criticado o penalti que deu a vitória ao FC Porto na primeira jornada e terem manifestado insatisfação, timidamente, quando jogaram na Luz e mais recentemente para a Taça da Liga com o mesmo clube.

E amanhã é preciso um FC Porto bem mais forte do que nos últimos jogos, pois vamos defrontar um clube, que ainda que esteja a praticar um futebol algo débil e desorganizado, face à qualidade individual de muitos dos seus jogadores, vai entrar motivadissimo para retirar pontos.

Nós queremos os 3 pontos. Eles querem o Prémio!

E nem por acaso, que desde que o actual primeiro classificado chegou ao topo da classificação, que as conferências de imprensa tem tido um destinatário em particular. Primeiro, entenderam que deviam partilhar que o FC Porto estava interessadissimo na Taça da Liga, hoje, quando Hulk está lesionado, rasgados elogios ao jogador o que significa que o jogo de amanhã entre o FC Porto e o Vitória de Guimarães tem vindo a ser preparado por alguém que, em ano de eleições, é crucial vencer o campeonato.

Dos elementos disponíveis para jogar apenas Sapunaru ficou de fora por opção. Parece que vai ser assim até ao dia 31 de Janeiro e só não será daí para diante se não sair mesmo do FC Porto.

Não deixa de ser curioso que Vítor Pereira e o site oficial do clube, ainda falem de Fucile. No caso do treinador deu a entender que o caso não está ainda fechado. No caso do site do clube, entendeu destacar o facto de Fucile ter sido dado apto para treinar.

A convocatória fica naturalmente marcada pelas chamadas de Vion e Danilo. Face às ausências de Hulk, Cristian Rodriguez e Djalma, as opções eram obviamente reduzidas e face à incapacidade de a SAD ter reforçado a equipa, avança o miúdo para o ataque.

Lista de convocados: Helton, Danilo, Maicon, Alvaro Pereira, Belluschi, João Moutinho, Kléber, Rolando, Varela, James Rodriguez, Mangala, Souza, Fernando, Iturbe, Otamendi, Bracali, Defour e Vion.

Começa amanhã a 2ª volta da Liga. Quando há uns meses atrás, o FC Porto iniciou esta Liga com uma vitória em Guimarães e depois de na semana anterior ter conquistado mais uma Supertaça, nada fazia crer que a esta altura, em vésperas de iniciar a 2ª volta, a equipa estivesse algo debilitada e com tantas interrogações sobre o futuro.

O cenário não é negro, neste momento com a distância fixada em 2 pontos, o FC Porto continua a depender de si próprio para ser campeão, contudo, o campeonato vai ser complicado e temos aí uma Liga Europa que deveríamos apostar forte.

Vítor Pereira não tem grandes alternativas de jogadores e de esquema de jogo para amanhã. Previsivelmente, Rolando regressará para o eixo do ataque, Helton para a baliza, Fernando para o meio campo e Kléber continuará na equipa depois de ter rendido Hulk lesionado durante a primeira parte do jogo com o Estoril.

A grande dúvida será no meio campo quem fará companhia a Fernando e Moutinho. Com Belluschi em baixo de forma e Defour a regressar ao nível que já exibiu esta época, deverá ser mesmo Defour a avançar para o onze.
Mesmo sem Hulk, a equipa tem condições para fazer um bom jogo e ganhar. Para isso é preciso que o meio campo esteja ao seu melhor nível, sobretudo no apoio ao ataque.

Outra boa noticia que parece vir no meio de tantas negativas foi a prestação de Varela no último jogo. Jogou os 90 minutos, marcou o golo e teve pormenores deliciosos, ao ponto de ter arrancado elogios de Vítor Pereira, o mesmo que nos últimos meses o tinha deixado na bancada a ver os jogos!

Outro facto que poderá ser determinante é Alvaro Pereira manter o nível exibicional e posicional que tem tido nos últimos jogos, apoiando muito o ataque, como se de um extremo se tratasse, o que poderá permitir que James descaia mais para o centro apoiando Kléber.

Com esta dinâmica a vitória será certamente do FC Porto, até porque o Vitória de Guimarães tem sido uma equipa muito irregular, se bem que nos últimos jogos tem mostrado uma subida de nível. A equipa possui jogadores experientes e com qualidade, que motivados pelo prémio chorudo que terão, irão complicar muito a vida do FC Porto.

Vítor Pereira que não espere um Vitória de Guimarães amorfo como aquele que vimos em Lisboa e mais recentemente para a Taça da Liga frente ao clube que é submisso.

Equipa provável: Helton, Maicon, Alvaro Pereira, Rolando e Otamendi, Fernando, João Moutinho e Defour, James, Varela e Kléber.



Fundamental amanhã no Dragão será o apoio dos adeptos. Todos aqueles que possam se deslocar ao Dragão façam-no. É amanhã que a equipa precisa do nosso apoio, face às ausências por lesão e face a um adversário que vem mais motivado em que o FC Porto não ganhe do que eles próprios ganharem o jogo.

O jogo está marcado para as 18:15 e terá transmissão na TVI, pelo que o conselho é mesmo desligarem o som.

Todos ao Dragão apoiar o Campeão.
Força Porto.

Ricardo Jorge

3 comentários:

Dragus Invictus disse...

Boa noite,

Amanhã inicia-se a segunda volta do campeonato perante um adversário de qualidade.
O Vitória conta no seu plantel com jogadores de qualidade e com muita experiência de primeira liga.
Será portanto um jogo difícil. Teremos, sem contar com Hulk, de procurar ser mais eficazes no ataque.
Kléber irá ter uma prova de fogo. Veremos se aguentará a pressão.
Espera-se uma vitória do nosso Porto para continuarmos na senda do título.

Abraço e bom fim de semana

Paulo

dragao vila pouca disse...

Amanhã, por todas as razões, temos de ganhar.
Apesar de já não faltar muito para o fecho do mercado, continuo a creditar que virá um avançado. Seria muito mau se não viesse.

Um abraço

Artigosonline/ana disse...

Boas,
O jogo não vai ser fácil, e a lista de indisponíveis limita Vítor Pereira. Enfim, no final logo se vê...

Força FC Porto!

Cumprimentos

Ana Andrade

www.portistaacemporcento.blogspot.com
www.artigosonlineanaandrade.blogspot.com