sábado, 11 de fevereiro de 2012

Aprovado na Taça, agora é a Liga

Depois da muito boa exibição para a Taça da Liga, coroada com a estreia e golos de Lucho e Janko, amanhã a equipa tem a primeira das 13 finais até ao final da época, isto depois de ter perdido 3 pontos na deslocação a Barcelos.

Não há mais nenhuma margem para perder qualquer ponto. Esta equipa tem agora qualidade suficiente para ganhar todos os jogos até final da época.

Não há mais desculpas, Vítor Pereira já evidenciou que agora a equipa está equilibrada e preparada para conquistar o titulo, então há que provar dentro de campo, correndo, lutando, suando a camisola do FC Porto.

Exibições como em Coimbra e Barcelos, independentemente da arbitragem deste último, não se podem repetir, até porque para além de termos de alcançar o primeiro lugar, já temos o SC Braga colado e se perder o campeonato já é uma desilusão e um prejuízo financeiro avultado, ficar em terceiro lugar poderá significar a perda de identidade de uma equipa que se juntou na época passada.

Numa semana que registou a recuperação de todos os lesionados, com excepção de Rafa, o FC Porto entendeu emprestar Souza, tendo ficado reduzido a apenas quatro jogadores do meio campo. Ainda que Danilo possa ser opção para o meio campo, reforçado com a permanência de Sapunaru e a possível adaptação de Djalma a defesa direito, e James possa jogar no vértice do meio campo, teria sido mais sensato emprestar um jogador de ataque dado o número exagerado de atacantes, oito no total.

Nesse caso, Iturbe seria a opção mais sensata, para o bem do jogador. Se há algum tempo comparava-se com a adaptação de James, hoje em dia, já não existe comparação possível, não se percebendo se o problema é mesmo a inadaptação do jogador ou a incompreensão do potencial por parte de Vítor Pereira.

Ainda que se registe o regresso de Hulk par ao jogo de amanhã o FC Porto está privado da sua dupla de centrais habituais depois de terem visto em simultâneo o 5º amarelo no jogo de Barcelos. Vítor Pereira testou a dupla Maicon e Mangala frente ao Vitória de Setúbal e bons resultados demonstraram, sobretudo Maicon.

Lista de convocados: Helton, Danilo, Lucho Gonzalez, Maicon, Alvaro Pereira, João Moutinho, Cristian Rodríguez, Hulk, Varela, James, Djalma, Sapunaru, Mangala, Fernando, Alex Sandro, Janko, Bracali e Defour.



Como tal, não será por estas ausências que o FC Porto terá mais dificuldades em vencer o adversário de amanhã, a União de Leiria, equipa que se encontra no ultimo lugar da classificação e que apenas representa perigo pelo relacionamento estreito com o actual primeiro classificado, segundo consta, reforçado com a troca de jogadores, pagamento de salários e mais recentemente, pelo confronto entre as duas equipas que mais parecia um jogo de solteiros contra casados!

Mais do que objectivos traçados a pensar no confronto com o actual primeiro classificado, o FC Porto tem de pensar em ganhar todos os jogos. Mesmo em caso de vitória nesse jogo, a estratégia não pode passar por outro cenário do que ganhar jogo a jogo. Este é o objectivo que a equipa deverá ter presente.

Amanhã, a equipa tem de entrar confiante e sem pressão pelo que irá acontecer hoje no jogo do seu principal rival. A equipa tem qualidade para planear uma estratégia de jogo de forma a produzir qualidade de jogo e assegurar a vitória.

É previsível que não ocorram muitas alterações no onze a apresentar. Com as excelentes exibições de Danilo, Lucho e Janko, Vítor Pereira apenas deverá incluir no onze Alvaro Pereira e Hulk, sendo que Hulk, ainda é uma incógnita se é titular ou não, mas é provável que jogue alguns minutos para voltar à competição antes do jogo com o Manchester City.

A outra grande dúvida é se frente à União de Leiria, Vítor Pereira irá apostar num meio campo com Fernando ou com Defour. A excelente resposta de Defour no ultimo jogo, e face ao adversário de amanhã, é provável que Vítor Pereira, e bem, aposte antes em Defour permitindo um meio campo mais dinâmico e assim resguardar Fernando para o difícil confronto com o Manchester City.

No ataque, dependendo da entrada de Hulk no onze, Cristian Rodriguez deverá manter o lugar na ala esquerda, uma vez que com a referencia no ataque é um jogador que pode cruzar mais para a área do que propriamente James que tende a descair muitas vezes para o meio do ataque.

Equipa Provável: Helton, Danilo, Alvaro Pereira, Maicon e Mangala, Defour, Moutinho e Lucho, Cristian Rodriguez, Hulk e Janko.

Para além desta obrigação de ganhar a equipa tem que saber gerir as expectativas para o próximo jogo da Liga Europa. O tempo de descanso é suficiente, alguns jogadores não vão jogar amanhã, pelo que existem todas as condições para que a gestão do esforço e da motivação seja efectuada de forma tranquila e inteligente.

Os adeptos estão com a equipa sobretudo pela lufada de ar fresco que surgiu com a entradas de Lucho e Janko e também Danilo, reforços que já provaram no pouco tempo que jogaram, terem qualidade que se evidencia no seio do grupo.

Agora resta enquadrá-los na equipa e na qualidade dos restantes formando uma equipa vencedora. O campeonato não está perdido, e a Taça da Liga e a Liga Europa não são objectivos inatingiveis.

O jogo está marcado para as 20:15 e terá transmissão na Sporttv1.

Força Porto.
Ricardo Jorge

3 comentários:

dragao vila pouca disse...

Depois de na semana passada termos saído do Estádio do Dragão com um sorriso nos lábios, esperança renovada e mais confiança no futuro, é preciso que no final do jogo frente ao Leiria aconteça o mesmo. Porque para além de ganhar nesta altura ser o único resultado que nos serve, sob pena de hipotecarmos, definitivamente, as possibilidades de renovar o título, é importante dar continuidade ao entusiasmo e bom futebol que se viu no jogo com o Vitória de Setúbal. Agora não vale a pena olhar para trás, pensar no que podíamos ter feito e não fizemos, os erros que cometemos e não devíamos ter cometido, etc. Mais do que tudo isso, nesta altura, é preciso olhar para a frente e fazermos a nossa obrigação, isto é, ganharmos os nossos jogos. É fundamental manter a pressão, a chama acesa, acreditar, apesar de tudo, é o que se espera de quem dirige, treina, joga e apoia. É com esse espírito que mais logo estarei no Dragão.

Abraço

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Hoje o FC Porto tem mais um jogo decisivo na manutenção das aspirações ao título, e na salvaguarda da segunda posição. Depois das vitórias de Benfica e Braga, não há margens para deslizes. Temos de vencer.
O Leiria reforçou-se muito na reabertura do mercado, e vem motivado ao Dragão.
Na última partida a equipa demonstrou melhorias, essencialmente na construção mais assertiva de jogo, e mais logo espera-se mais do mesmo, um FC Porto forte, aguerrido e a lutar pelos 3 pts desde o apito inicial.

Abraço e boa semana

Paulo

Artigosonline/ana disse...

Boas,
Nesta fase somar três pontos é o mais importante e necessário. Se for possível somar os três pontos com nota artística óptimo, se não para mim não tem problema, porque, repito, o mais importante é somar os três pontos.

Força FC Porto!

Cumprimentos

Ana Andrade

www.portistaacemporcento.blogspot.com
www.artigosonlineanaandrade.blogspot.com