sábado, 25 de fevereiro de 2012

Vitória é Sinónimo de Liderança

Depois da constrangedora eliminação da Liga Europa o FC Porto não podia ter melhor estimulo do que o próximo jogo, em caso de vitória, permitir ao FC Porto regressar ao primeiro lugar do campeonato, depois de ter perdido esse estatuto à 14ª jornada.

Sendo agora o foco na Liga e na Taça da Liga, não será por excesso de jogos que a equipa não estará jogo a jogo a 100% para lutar pela vitória. Amanhã existe a possibilidade de o FC Porto arrancar em definitivo para a caminhada rumo ao título. A vitória permite atingir o primeiro lugar, na véspera do confronto com o clube do regime, e permite uma dose extra de confiança e motivação para as próximas jornadas.

Mas para tudo isto é preciso amanhã ganhar ao Feirense. Olhando para o adversário, actualmente o primeiro acima da linha de água, até pode parecer tarefas acessível, contudo convém lembrar que esta equipa tem feito grandes jogos com as equipas grandes e amanhã estará a apitar o jogo João Ferreira.

Tal como aconteceu com Duarte Gomes, é preciso um FC Porto forte, rápido e que não dê qualquer hipótese ao adversário e também ao árbitro para fazer algo que Bruno Paixão fez e que Duarte Gomes tentou.

Se os jogadores do FC Porto derem tudo em campo não haverá João Ferreira que nos impeça de conquistar os 3 pontos. Não poderá acontecer é erros infantis na defesa e jogadores egoístas. É preciso um colectivo forte motivado para conquistar o lugar que foi deles até à 13ª jornada e que todos nós queremos que não nos escape mais até final.

O Feirense não está numa posição tranquila e também não deverá surgir no Dragão a discutir o resultado. Será previsivelmente uma equipa a defender muito atrás o que terá que obrigar Vítor Pereira a imprimir uma dinâmica na equipa forte e rápida.

Ainda sem Danilo e Mangala, Otamendi conseguiu recuperar para amanhã e é mais uma opção para o sector defensivo, sector que está mais debilitado a nível de opções nos últimos jogos.

Lista de Convocados: Helton, Bracali, Sapunaru, Maicon, Otamendi, Alvaro Pereira, Alex Sandro, Rolando, Fernando, Moutinho, Defour, Lucho, James, Cristian Rodriguez, Djalma, Hulk, Janko e Varela.



Depois de 4 jogos em 10 dias e com a noção que o próximo jogo será 5 dias será prudente Vítor Pereira alterar algumas peças no onze amanhã. A frescura física de alguns jogadores não é a melhor e isso notou-se nos jogos em Setúbal e em Manchester, concretamente Lucho Gonzalez que desde que chegou tem sido sempre titular.

Com opções de qualidade é esperado que Defour e James sejam titulares no meio campo Portista, nos lugares de Lucho e Fernando ou Moutinho.

Na defesa Maicon está em risco de ser suspenso e com o regresso em boa forma de Sapunaru e a recuperação de Otamendi, é provável que fique no banco juntamente com Alex Sandro e Alvaro Pereira seja chamado à equipa depois de ter estado 2 jogos sem jogar.

No ataque, certo é Janko no centro do ataque e muito provavelmente Hulk, que apesar de não ter estado nada bem em Manchester e nos últimos jogos, deverá manter a titularidade. Com James a surgir no meio campo, a dúvida será entre Varela e Cristian Rodriguez. No caso de Varela a exibição mais apagada me Manchester deve-se sobretudo à posição onde jogou, já Cristian Rodriguez, continua a ser noticia de uma possível saída o que não tem invalidado de continuar a ser convocado e opção para os jogos.

É bem provável, que com a impossibilidade de James actuar em Lisboa na próxima jornada frente ao clube do regime, que Cristian Rodriguez ainda permaneça no grupo até esse jogo.

Equipa Provável: Helton, Sapunaru, Rolando, Otamendi e Alvaro Pereira, Fernando, Defour e James, Hulk, Cristian Rodriguez e Janko.

Amanhã a equipa precisa do nosso apoio, do inicio ao fim. Vamos ter dificuldades e é preciso muita calma com João Ferreira, pois temos que ganhar o jogo e não podemos ficar diminuídos para o próximo jogo. É preciso ter inteligência e ter o foco nos objectivos e claro, uma estratégia forte para os alcançar.

O jogo está marcado para as 20:15 e terá transmissão na Sporttv.

O primeiro lugar pertence-nos. Vamos conquistá-lo novamente.

Força Porto.
Ricardo Jorge

3 comentários:

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Depois do empate do Benfica, temos hoje a oportunidade de voltar à liderança antes da deslocação à Luz na próxima jornada.

O Feirense é uma equipa com jogadores irreverentes, jovens, ambiciosos, que querem mostrar o seu valor. É uma equipa bem orientada, e bem estruturada.

O árbitro nomeado é João Ferreira, por conseguinte há que ter muita cabeça e não cair na armadilha.
O FC Porto tem de entrar pressionante, agressivo e procurar a vantagem no marcador o mais rápido possível, pois caso contrário o "Pode Ser" irá alinhar no enervar da equipa e público do Dragão.

Não há margem para mais percas de pontos.
Se não fossem os pontos perdidos fora diante deste mesmo Feirense e Olhanense, muito por demérito nosso, a esta altura estaríamos noutra posição.

Espera-se o forte apoio do público para empurrar a equipa para a vitória.

Hoje podemos recuperar o lugar que é nosso.

Abraço e bom domingo

Paulo

dragao vila pouca disse...

Quando se dá o flanco, se faz silêncio, mesmo se tinhamos tantas razões para falar, qualquer bronco, palhaço, jornalista rasca, político falhado e com aspecto de quem nunca toma banho, etc., aproveita a onda e julga-se no direito de pisar em cima do F.C.Porto. No passado, revertíamos isso a nosso favor, a resposta era fulminante, obrigava-os a engolir a afronta. Agora...

Na primeira-volta, por esta altura, antes da 5ª jornada, estava tudo a correr bem: quatro jogos, quatro vitórias, liderança isolada. Talvez por isso, o Feirense, principalmente por ser em Aveiro, - casa emprestada à equipa da Feira e por isso, claramente favorável ao Campeão -, era considerado um jogo de baixo grau de dificuldade, a vitória quase um dado adquirido. A cabeça parecia já na jornada seguinte - frente ao clube do regime, no Dragão -, o jogo não foi encarado com a atitude correcta, inventou-se, mexeu-se de mais e lá se foram dois pontos à vida - o pior cenário em vésperas de um clássico. Perdeu-se a embalagem, a liderança isolada, o empate teve consequências anímicas que se viriam a notar na jornada seguinte, frente aos vermelhos da Luz. Como muitos já faziam contas a um avanço, à 6ª jornada, de 5 pontos e a liderança era repartida, Vítor Pereira começou a perder créditos, começou a contestação. Sabe-se o que aconteceu depois... Voltamos à 5ª jornada, agora da segunda-volta, voltamos a enfrentar o C.D.Feirense e a seguir vamos à Luz. Ou somos capazes de dar uma resposta clara, invertemos a situação, entramos, para ficar, na estrada do título e as coisas acalmam, ou o final de época não vai ser fácil para os lados do Dragão... Comecemos por fazer o óbvio, ganhemos ao Feirense. E porque a ganhar é que a gente se entende... quem sabe ainda não vamos rir muito em Maio?

Abraço

Artigosonline/ana disse...

Boas,
Com ou sem nota artística o FC Porto tem de somar os três pontos.
Ah, atenção ao senhor árbitro... os jogadores tem de ter cuidado para ele não nos tramar.

Força FC Porto!

Cumprimentos

Ana Andrade

www.portistaacemporcento.blogspot.com
www.artigosonlineanaandrade.blogspot.com