quinta-feira, 3 de junho de 2010

Começa a preparação da nova época...



Foi ontem anunciado o novo treinador do FC Porto, para as próximas 2 épocas - André Villas Boas.

Era o treinador que liderava as sondagens de quem seria o novo treinador. Se era a minha opção? Não, não era. Mas não irei aqui explicar o porquê, até porque, hoje, é o treinador do FC Porto, logo o meu treinador.

Na minha opinião, e não quero tecer comparações com outros clubes, já estamos um pouco atrasados na preparação da época. A rescisão de Jesualdo Ferreira tinha um timing, agora 1 semana para anunciar o novo treinador, parece-me exagerado, até porque, não acredito que não tivesse já definido.

Uma nota sobre a noticia de capa do jornal "A Bola": Se é verdade, então depois do presidente desse clube ter anunciado na televisão conhecimento de mensagens trocadas entre o treinador e alguém do FC Porto, este treinador nem devia ter sido novamente contactado, nem agora nem nunca, pois simplesmente não me parece com seriedade e profissionalismo para guardar os contactos que lhe são feitos. Se é mentira, há que vir denunciar pois, eu e muitos adeptos e sócios, estamos cansados de ser enxovalhados pela comunicação social e de uma vez por todas, cortem com esse e outros meios de comunicação, para sempre.

Agora que já temos treinador, vamos passar ao plantel. Como escrevi há uns meses, o FC Porto, não precisa de quantidade mas sim de qualidade. Uma das reformulações a realizar no plantel, é reduzir o número de contratações e o excedente de jogadores com contrato. A verba de custos com pessoal é elevadissima e não significa que temos grandes jogadores e muito bem pagos.

Escrevi igualmente, que na minha opinião, o FC Porto precisaria de 4 jogadores, um defesa central experiente, um médio defensivo, um médio criativo experiente e um avançado capaz de "lutar" por um lugar com Falcão, para o plantel principal, já incluindo os regressos de Ukra, André Castro e a promoção do júnior Sérgio Oliveira. Os rumores das saídas de Bruno Alves e Raul Meireles, não nos devem preocupar. No primeiro caso, não vejo clubes interessados, mas sim, familiares interessados em que ele saia. No segundo caso, na mesma semana, falou-se do Lyon, Marselha (primeiro sim, depois não, depois sim), Sevilha (pelos vistos agora querem outro jogador) e Fiorentina (pelos vistos agora querem o Fernando).

No caso da defesa, estatisticamente, esta época sofremos mais golos do que a anterior, e muitos mais do que as 2 anteriores. Não foi certamente por casos de lesões, mas sim, no meu entendimento, muita juventude em contraste com o Bruno Alves, quem nem sempre esteve ao melhor nível. Por isso, acho que se impõe um defesa central experiente, jovens, temos o André Pinto, o Bura, Abdoulaye, etc... Ricardo Carvalho é sempre uma opção, mas mais acessível vejo o Daniel Masjtorovic, tem mais 1 ano de contrato com o AEK, 33 anos, mas fiquei impressionado desde o jogo no Dragão entre Portugal e Suécia.


No caso do meio campo, o sector defensivo é talvez o mais complicado. Fernando, é jovem e não estou a ver ficar no banco. Para isso teríamos que contratar um dos melhores do mundo e não faz sentido. Contratar para ser opção, também não tem resultado, como foram exemplos Bolatti e Prediger. Sendo assim, e com Raul Meireles e André Castro e eventualmente Maicon subir no terreno, para jogar naquela posição, penso que poderemos ficar assim. Pelé, pode ser hipótese, mas acho que o problema não seria com Jesualdo, mas sim com a direcção do clube face a alegados comportamentos.

Já no sector ofensivo e apesar do bom final de época de Belluschi, mantenho algumas reservas. Penso que Belluschi e Ruben Micael, estão num nível muito equiparado, pelo que mantenho a opinião da necessidade de um novo médio criativo em detrimento, de Belluschi. Na minha opinião, teria de ser combativo, como Lisandro, criativo como Deco, inteligente como Lucho e explosivo como Hulk. Um jogador que conseguisse levar o jogo para a frente, mas igualmente ajudasse na defesa, tal como Lucho e Deco faziam. Com estas características existe um jogador, que tal como o defesa sueco, jogou pela Bósnia, contra Portugal na campanha para o Mundial. Estou a falar de Senijad Ibricic, completa 25 anos este ano.



Adicionalmente e pensando no futuro, existe um jovem de 17 anos, que o FC Porto deveria estar de olho ou mesmo procurar contratar. Aos 17 anos é titular no seu clube, é alto, criativo, goleador para um médio e na minha opinião é a grande promessa da Colômbia, que se destacou no último mundial de Sub-17. Estou a falar de Edwin Cardona, que ainda tem idade de júnior, pois só completa 18 anos em Dezembro.


No sector atacante, e uma vez, que já todos perceberam que Hulk não é extremo e rende muito mais como segundo atacante ao lado ou atrás de Falcão, seria interessante manter este esquema e contratar um avançado com características goleadoras, mas com mobilidade neste esquema. Neste caso não é um jogador experiente, mas tem muita qualidade e já se fazem comparações com Marco Van Basten, pela forma e estilo que joga. Estou a falar de Robert Lewandowski, polaco de 22 anos.




Penso que Orlando Sá, faz sentido ser emprestado, para não correr o risco de 2 anos sem ritmo e sobretudo depois da lesão que teve. Silvestre Varela, neste novo esquema do FC Porto, vejo-o no lugar de Hulk, ou seja, segundo avançado que descaia para as alas, mas que jogue mais perto do avançado.

São muitos os jogadores que o FC Porto poderá transaccionar e obter mais valias incluindo a redução dos custos com pessoal, o que atenuará o facto de não participar na Champions League na próxima época.

Ultima nota, para este último facto. Onde está o pedido de indemnização que o FC Porto disse que ia pedir à LPFP pelos danos causados, fruto da redução do castigo de Hulk e Sapunaru? Foi para assustar a LPFP, ou ainda estão a trabalhar no tema, que deveria ser da máxima importância para repor a justiça e sermos indemnizados pelos danos causados? Ou será que dos 9 pontos que perdemos sem Hulk e Sapunaru, não teríamos ganho apenas 3 desses pontos e não estaríamos na Champions? É assim tão absurdo pensar-se nesta hipótese?

Inclusive, deveria passar por uma exposição à UEFA, existe matéria mais do que suficiente (Túneis, decisões da LPFP alteradas pela FPF, etc...), até porque está a ser investigado não a coação através de ameaças físicas de adeptos a árbitros (isso está já provado), mas sim, se existe ligação dos actos ao tal clube de Lisboa, da Liga.

Ricardo Jorge

A história do novo treinador do FC Porto


Por SAPO Desporto c/ Lusa


O novo treinador do FC Porto para as próximas duas temporadas, André Villas-Boas, iniciou a sua carreira como treinador principal na Académica, em 2009, após sete anos ligado a José Mourinho, para quem desempenhou as funções de "scouting" (observador).

Com 32 anos apenas, é o treinador mais jovem a assumir o comando técnico do FC Porto.

A André Villas-Boas é atribuída a paternidade dos relatórios minuciosos dos adversários de José Mourinho, com quem trabalhou no FC Porto, em 2003/2004, Chelsea, de 2003/04 a 2007/08, e Inter de Milão, de 2008/09 a início de 2009/2010.

Olhos e ouvidos de Mourinho na demanda de informações sobre os opositores. Uma grande parte do êxito do "special one", principalmente no FC Porto e Chelsea, é atribuído aos seus relatórios precisos.

Com a entrada pela porta grande do Dragão, substituindo Jesualdo Ferreira, esta é a terceira vez que André Villas-Boas trabalha no FC Porto. A estreia aconteceu pelas mãos de Bobby Robson, em 1994.

Com Bobby Robson, com quem se cruzou por um feliz acaso, André Villas-Boas trabalhou na formação dos "dragões" ao mesmo tempo que tirava os vários níveis do curso de treinador de futebol.

Com o aval do mestre Mourinho, a quem tinha já manifestado o desejo de abraçar a carreira de técnico principal, André Villas-Boas foi apresentado a 13 de Outubro de 2009 como treinador da Académica.

O desafio proposto a André Villas-Boas, então com 31 anos, era a de tirar a Académica de Coimbra do fundo da tabela classificativa da Liga e assegurar a manutenção, o mais cedo possível.

Estreou-se pelos "estudantes" frente ao FC Porto, a 25 de Outubro, e apesar da derrota sofrida no Dragão (3-2), deixou boas indicações, que levariam a despertar o interesse do Sporting para substituir Paulo Bento.

O interesse em contratar André Villas-Boas não passou disso mesmo, o que a acontecer seria escassos dois meses após chegar a Coimbra, e o treinador cumpriu na íntegra a missão que lhe tinham confiado para a Académica.

Luis André Pina Cabral Villas-Boas nasceu a 17 de Outubro de 1977 no seio de uma família de viscondes. O treinador é bisneto de José Gerardo Coelho Vieira Pinto do Vale Peixoto de Villas-Boas, primeiro visconde de Guilhomil.

10 comentários:

Rage disse...

Eu gostei da opção feita pela direcção do nosso clube mas não posso deixar de ficar desagradado com a gestão do timming desde a contratação até a apresentação do treinador uma vez que ele já estava "contratado" desde a época anterior. Acredito que o Villas Boas tem competencia mais do que suficiente para treinar o nosso clube e vem cortar a má relação existente entre alguma massa adepta do Porto e o anterior treinador. Essa capa da Bola parece-me uma noticia encomendada pelos anjinhos da Luz e também aguardo que seja desmentida pelo nosso clube talvez ainda hoje durante a apresentação do nosso novo treinador.
Esperemos que o Villas Boas possa escolher o plantel a sua imagem e que consiga despachar alguns marretas que andam para lá a fazer número. Saúdo também a integração do Pedro Emanuel na equipa técnica principal.

Cumprimentos e esperemos que o nosso clube siga os conselhos do Ricardo e contrate um ou outro "craque" sugerido.

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Para mim o facto de André Villas Boas ser jovem ou pouco experiente como treinador, não me incomoda.

Quando se é competente, a idade não conta.

Agora este é um grande desafio, e é um barco grande que ele vai ter de comandar.

Treinar o FC Porto com um Pinto da Costa "presente", é bem mais fácil.

Espero que tenha muito sucesso, pois o dele é o nosso.

Dragus Invictus disse...

Quanto ao plantel actual é certo que fiquem:

GR: Helton, Beto e Nuno

DE: Álvaro Pereira

DC: Rolando

MD: Fernando

MC: Guarin, Ruben, Belluschi

ED: Varela

EE: Rodriguez

AC: Falcao, Hulk



Jogadores que manifestaram vontade de sair:

Meireles, Bruno Alves, Fucile

Jogadores que irão ser dispensados:

Tomás Costa, Prediguer, Valeri, Farias



Jogadores com futuro indefinido:

Mariano, Maicon, Nuno A. Coelho, Addy, Orlando Sá, Miguel Lopes, Sapunaru

Jogadores já confirmados:

Ukra e Sereno


Rumores:

Kévin Gameiro (Lorient)

Sérgio Oliveira (ex-júnior)

Castro (regresso)

Gustavo Colman (Trabzonspor)

Emana (Real Betis)

Gustavo Lazzaretti (Guimarães)

Evaldo (Braga)

Lacina Traoré (Cluj)

Djalma (Marítimo)

Jogadores a actuar no nosso campeonato a ter em conta:

Emídio Rafael (Académica)

Keita (ex - Setúbal, já transferido para o Braga)

Mano (Belenenses)

Gabriel Gómez (Belenenses)

Diego Ângelo (Naval)

Regula (Setúbal)

Ricardo Jorge disse...

Boas,

O Sereno não está confirmado... É um jogador interessante e livre, mas caramba, temos o Nuno Andre Coelho, Maicon, Rolando, André Pinto, Bura, etc... precisamos de um defesa experiente para formar dupla com o Bruno Alves.

Temos que dispensar jogadores: Leandro Lima, Stepanov, Benitez, Renteria, Valeri, Tomas Costa, Prediger, etc... Só aqui penso que seja possivel 10M de euros

Os casos Mariano e Farias, penso que são bons suplentes, mas há que realizar alguma mais valia... acredito que juntos consigamos perto de 3M euros.

Eventualmente, para reforçar em qualidade, poderiamo abdicar de Helto, Rolando, Belluschi e Fucile, para ter um defesa forte, um médio criativo forte, um avançado forte. O caso de Fucile, que já enjoa dizer todos os anos que quer ir para um clube maior, qd não se ouve nada, o Sapunaru, vi agora que esteve muito bem no Rapid, marcou 3 golos e jogou quase sempre os 90 minutos. E com o Miguel Lopes a subir de rendimento, ficariamos bem com o dinheiro da venda do Fucile.
Adicionalmente ao que escrevi no post, penso que poderiamos ter um novo defesa esquerno. Não Evaldo, é caro e não faz sentido para suplente, mas sim, o jovem Emidio Rafael, que foi quase sempre titular e o André Villas Boas já o conhece, pois sem Fucile, perdemos a 2ª opção para defesa esquerdo. O Addy precisa de ser emprestado. Com Alvaro Pereira, arrisca-se a não jogar.

Importante, é no dia 2 de Julho ter o plantel definido, não sair mais ninguém e entrar só se for jovem. Estabilidade para em Agosto, ganharmos o primeiro titulo.

Ricardo

Anónimo disse...

Essa de o Belluschi ainda não ter convencido, assume contornos de comédia.

Dragus Invictus disse...

Olá,

Este Sereno também não entendi a possível contratação. Temos jovens defesas centrais como Bura, André Pinto (que Vítor Pereira conhece do Santa Clara) e NA Coelho.
Sereno joga bem com o pé esquerdo e é rápido ... pouco mais.

Sofremos imensos golos, e faz nos falta um defesa central experiente, mas não me parece que a politica da SAD passe por aí.

Agora temos é de despachar os emprestados porque são um dispêndio inútil para o clube. A emprestar somente jovens!

E são tantos:

JOGADORES EM SITUAÇÃO DE EMPRÉSTIMO:

Sapunaru (Rapid de Bucareste)

Benitez (San Lorenzo)

Prediger (Boca Juniors)

Stepanov (Málaga)

Pelé (Valladolid)

Candeias (Paços de Ferreira)

Rentería (Braga)

Leandro (Atlético Mineiro)

Leandro Lima (Cruzeiro)

Diogo Viana (Venlo)

Hélder Barbosa (Setúbal)

André Pinto (Setúbal)

Ventura(Olhanense)

Rabiola (Olhanense)

Castro (Olhanense)

Tengarrinha (Olhanense)

Ukra (Olhanense)

Steven Vitória (Covilhã)

Chula (Tourizense)

Josué (Penafiel)

Bura (Gil Vicente)

Ivo Pinto (Setúbal)

Rui Pedro (Gil Vicente)

Pedro Moreira (Gil Vicente)

Jorge Monteiro (Portimonense)

Yero (Portimonense)

Bruno Vale (Belenenses)

Bruno Moraes (Rio Ave)

Dragus Invictus disse...

Da lista de emprestados, aproveitar somente os jovens.

Quanto ao Belluschi é um jogador diferente de todos os outros médios do nosso plantel. É o único que joga bem por trás dos avançados, o que mais se aproxima do número 10. Não sendo um 10 agressivo na recuperação de bola é útil no jogo de penetração em trocas de bola de passe curto.

Ricardo Jorge disse...

Ainda sobre o Belluschi, não convenceu e não convenceu, porque para o preço que foi pago, era claramente para se assumir como patrão do meio campo. Em 4X3X3 não de adaptou e em 4X4X2, já estece melhor, mas não tem capacidade de penetração fora do normal, e falha muitos e muitos passes, para além de ser um jogador que no contacto fisico, perde sempre. Para mim é um João Moutinho, esforçado. O Porto se quer, e acho que anda à procura, de um médio organizador ao nível do Deco, Lucho, então não faz sentido manter Belluschi. Para isso temos o Ruben Micael, o Guarin, o Raul Meireles (se ficar), o André Castro. Agora se não vão contratar ninguem para o meio campo, então mantenham Belluschi no plantel.

Dragus Invictus disse...

Será que o Ricardo Carvalho viria para o Porto?

Ricardo Jorge disse...

Isso é que era... Li hoje num site de noticias ao minuto, que o Chelsea quer dispensar o Bosingwa (só tem mais 1 ano de contrato e já vão contratar o Srna), o Paulo Ferreira e o Ricardo Carvalho. Querem um central jovem.
Ora bem, já imaginei o cenário, vendiamos o Fucile ( o gajo anda sempre a dizer que quer sair) e o Sapunaru, e dava para comprar o Bosingwa (eu diria que 5M o Chelsea aceitava). Se vendessemos o Rolando, então em vez do Sueco que sugeri, o Ricardo Carvalho seria a 1ª opção.
Eu acho que o Bosingwa ainda poderá querer jogar num outro campeonato, e por outro lado a saida dele do Porto tb não foi pacifica, mas espero que tenha sido só com o Jesualdo. Quanto ao Ricardo, o homem é de Amarante, boa gente, humilde, acredito que aceitasse ganhar menos em 2 anos no Porto do que 1/2 ano no Chelsea.
Mas continuo na minha, precisamos de um central experiente para jogar ao lado do Bruno.