quinta-feira, 10 de junho de 2010

O pedido de indemnização esquecido...

No passado dia 30 de Março, em entrevista à RTP, o presidente do FC Porto anuncia, entre outras coisas, não menosprezando a recandidatura e a promessa de um plantel forte, que não iria abdicar de avançar com um pedido de indemnização à LPFP, inclusivé, falou em valores, que poderiam ascender aos 15 milhões de euros.

Pois é, hoje, passados quase 3 meses, não houve a divulgação que esse pedido tenha sido efectuado, nem pela SAD, nem pela comunicação social, a LPFP mudou de direcção, o campeonato ainda não foi homologado, pelo recurso do Vitória de Guimarães, e a concentração passa agora, após a definição do novo treinador, pelo reforço do plantel e definição dos jogadores emprestados, a emprestar e inclusivé a vender.

Mas será que falou-se tanto para agora não se fazer nada? Não quero acreditar, que a SAD tenha o feito por pressão à LPFP, ou para destabilizar algo. Não é normal, neste clube, falar-se sem fundamento, pelo que acreditei, passado porque já não vejo viabilidade para produzir efeitos na época 2009/2010, que algo poderia ser feito para impugnar a classificação e exigir uma indemnização.

Não vale a pena falar mais do ex-presidente da LPFP ou do Conselho de Disciplina do mesmo organismo, fizeram o papel deles e já não estão lá, a minha indignação é agora com o meu clube, que aparentemente nada faz.

Nem o facto de ter sido há semanas atrás divulgado um caso de coacção a árbitros e familiares, ao que tudo indica, feito por pessoas adeptas de um clube de Lisboa (é claro e público que são adeptos/sócios do clube que acabou por ser campeão) e que a LPFP tinha conhecimento mas que nada fez, nem isso, fez acordar este tema, que ficou esquecido durante o mês de Maio.

Juridicamente, e pela leitura dos regulamentos não é claro que exista motivos para o pedido de impugnação do campeonato, mas creio que os tribunais comuns poderão ter outra opinião, tal como tiveram no dois julgamentos do nosso presidente. Para isso o campeonato tem de ser homologado para se avançar.

Será esta a estratégia para o silêncio até ao momento?

Os factos existem e são bastante objectivos:

1º - o FC Porto perdeu 9 pontos no período que não teve os jogadores e pelos vistos deveria ter;
2º - o FC Porto disputou a final da taça da Liga, e deveria ter Hulk como opção;
3º - apesar de ter participado nos oitavos de final da Champions, o jogador Hulk não tinha forma de ter o ritmo competitivo que evidenciou mais tarde;
4º - ficou demonstrado no campo, a mais valia de Hulk, desde que começou a jogar;
5º - não foi apenas este o processo que a LPFP viu ser dado provimento a recursos do FC Porto;

Sinceramente, penso que existe matéria para que o FC Porto fizesse uma exposição à UEFA e tornasse público esta situação. Não me interessa se dizem que fazemos queixinhas, estamos a falar de um prejuízo significativo (se não fosse assim, não faziam tudo e mais alguma coisa para que o SC Braga ficasse em 2º lugar) para o FC Porto, quer financeiro, quer desportivo.

Será que estamos a falar de um pedido de indemnização esquecido?

Ricardo Jorge

3 comentários:

Dragus Invictus disse...

A SAD ainda não se pronunciou acerca deste pedido de indemnização. Não veio a público mais nenhuma informação.
Estou convicto de que o departamento jurídico estará a tratar da questão.


Como já havia postado, não há indemnização que pague a minha revolta como adepto.

O campeonato deveria ter sido impugnado!

O FC Porto foi gravemente penalizado com a punição a Hulk e Sapunaru e também os jogadores o foram a titulo individual.

Este campeonato foi viciado pela interpretação do Dr. Ricardo Costa, que deveria ter tido o bom senso de ouvir e recorrer a quem percebe da matéria para haver justiça.

Aquando do caso apito dourado foram céleres ao solicitar a opinião do Prof.Dr. Freitas do Amaral, não entendo porque neste caso tão dúbio e de difícil enquadramento legal, não se recorreu ao Prof. Dr. Meirim , por exemplo.

Os mouros activaram todos os meios legais para nos tirar da liga dos campeões, aquando do apito dourado.
Puseram mesmo em causa no seu jornal oficial, com um artigo de opinião o mérito das nossas conquistas europeias!

Tivemos mesmo de contratar os melhores advogados da europa em matéria de direito desportivo para nos defender perante a UEFA.

O campeonato deveria ser impugnado para que estes senhores aprenderem a respeitar o FC Porto.

Gosto de ganhar em campo, mas para tal têm de nos deixar fazê-lo de igual para igual!

Ricardo Jorge disse...

Ainda assim, acho este silêncio muito estranho... se não fosse o recurso do Vitória, o campeonato já estava homologado...
A impugnação é o que se impõe, contudo adicionalmente, a Liga deveria indemnizar o Porto, pois o prejudicado foi mesmo o Porto.
Na minha opinião, deveriamos fazer igual ao pior ruido sobre isto. Para além do que fizeram, nesse verão, tenho a certeza que o Porto não realizou alguns negócios, derivado à incerteza de participava ou não na Champions, portanto era fazer igual ou pior.

Rage disse...

Este assunto não pode nem deve cair no esquecimento!
Queremos uma atitude forte da SAD e dos jogadores prejudicados.
Acho que o departamento jurídico do Porto não anda a dormir nem tirou ferias por isso mais dia menos dia a resposta chegará...

Cumprimentos