domingo, 3 de abril de 2011

Hoje é o dia

O dia que todos os portistas esperavam chegou.



Não é apenas um jogo que pode decidir mais um título, é o jogo que podemos ser campeões na casa do rival, na casa onde o ano passado fomos apanhados numa macabra manobra de bastidores, na casa onde o ódio e a inveja impera, na casa de um clube que nos últimos 6 anos foi campeão apenas 2 vezes e sempre com manobras de secretaria e sempre com pessoas a dirigir o futebol, foi assim em 2005 com Cunha Leal e foi assim em 2010 com Ricardo Costa.


A comitiva portista chegou com tranquilidade a Lisboa, ontem ao final da tarde. Apesar de uma tentativa de apedrejamento na passagem por Alverca, tentativa porque não produziu os efeitos pretendidos, o autocarro chegou intacto como atesta as imagens já junto ao Hotel. Algumas dezenas de adeptos esperavam a equipa e foram os primeiros a saudar os futuros campeões.

O FC Porto está na máxima força, Sapunaru, que estava em dúvida durante a semana, conseguiu recuperar e é um sério candidato a titular logo à noite.
Villas Boas, promoveu apenas 2 alterações aos convocados, chamando Otamendi e Sapunaru, para os lugares de Sereno e Mariano.

Lista de convocados: Helton, Maicon, Alvaro, Guarín, Belluschi, João Moutinho, Falcao, Cristian Rodríguez, Hulk, Fucile, Rolando, Varela, James, Sapunaru, Beto, Fernando, Rúben Micael e Otamendi.

Para além de estar na máxima força, os jogadores estão motivados e concentrados no objectivo interno traçado há algumas semanas atrás, vencer os 5 jogos do campeonato. Hoje é o 5º e último jogo deste objectivo.
O adversário está igualmente motivado em impedir que a festa seja efectuada no seu próprio estádio sobretudo porque o ano passado tinham esse objectivo e falharam redondamente.
E esta vontade ofegante de vencer o FC Porto até poderá tornar-se numa vantagem para o FC Porto, que poderá de forma inteligente, aproveitar erros e intranquilidade do adversário.
Villas Boas não deverá mudar o esquema de jogo, assim o fez nos últimos 3 confrontos com este adversário. A equipa está rotinada e já demonstrou que esteve esquema de jogo permite vencer este rival. É de esperar que Guarin seja titular no lugar de Belluschi, dando mais força física e poder de remate. Lá na frente, a dúvida entre Varela e James será apenas desfeita minutos antes de as equipas entrarem em campo. Mas face à pretensão de jogar rápido e surpreender o adversário é admissível que Varela seja titular.
Este cenário ganha mais peso se pensarmos que quinta-feira as opções poderão ser Belluschi e James, no Dragão frente ao CSKA, sendo o primeiro jogo da eliminatória, fará mais sentido menos força e mais qualidade técnica.

Equipa provável: Helton, Fucile, Alvaro Pereira, Rolando e Otamendi, Fernando, Guarin e Moutinho, Varela, Hulk e Falcão.

Antevisão de Villas-Boas:


Todos os portistas esperam a vitória, vitória que permite reconquistar o campeonato que perdemos, o ano passado, no túnel deste estádio e que permite concentrar nas restantes competições com mais tranquilidade e motivação.

São esperados muitos portistas logo à noite, perto de 5000, num estádio que não irá encher, num estádio que não terá adereços alusivos ao FC Porto, mas que certamente não impedirá de realizar a festa. 
Grande expectativa para confirmar se o Presidente voltará a estar junto da equipa e do relvado.
A confirmar-se será sem dúvida um tónico adicional, e em caso de festa, a possibilidade de o nosso presidente sentir bem de perto a alegria que todos nós esperamos que se concretize, e que no caso particular do Presidente, será o 50º título da carreira.


Nota adicional para o árbitro deste jogo, Duarte Gomes, que deixou de ser um problema a partir do momento que não é esperada chuva de água no relvado logo à noite!

A todos os portistas apelar que façam a festa e evitem as provocações.
Nada será mais saboroso do que sair com o 25º título de campeão, e provocar uma azia no adversário que demorará algumas semanas a passar.



Ricardo Jorge

Post scriptum:
Clica nas partes de texto a azul para visualizar multimédia.

4 comentários:

Dragus Invictus disse...

Boa tarde,

O dia que todos esperávamos chegou.
O dia em que podemos festejar o título na casa, onde nos túneis se condicionou o desfecho do campeonato da época transacta, tendo sido o FC Porto fortemente prejudicado com os castigos que vieram a demonstrar-se desmesurados e gravosos para a equipa e para Hulk e Sapunaru.

Sem tornar a conquista do 25º. título na Luz uma obsessão, nós portistas no fundo desejamos imenso essa conquista.

Para tal contamos com uma atitude guerreira dos nossos jogadores, para que possamos celebrar na Luz o título de campeões nacionais. Concretizar o ambicionado resgate!

O Benfica pela voz do seu treinador disse que farão de tudo para que não nos sagremos campeões no seu estádio. Os dirigentes e forças de autoridade também nos bastidores já fizeram de tudo, impedindo as nossas claques de levar estardartes, e outros adereços que dariam um colorido à festa que é o futebol.
Para eles é uma questão de honra vencer, para nós uma questão de brio, face aos acontecimentos da época passada.

Vai ser portanto um jogo disputado, espero com lealdade, com uma boa arbitragem e sem quezílias entre adeptos.

Logo espero mais uma noite de glória para o nosso FC Porto, e caso não suceda, conquistaremos o campeonato numa próxima jornada, sem dramas.

Abraço e bom domingo

Paulo

P. Ungaro disse...

Boas,

estamos a chegar ao fim de mais uma epoca gloriosa para as nossas cores, e que forma mais perfeita que seria conseguir o titulo em casa dos vermelhos. Para alem disso temos outra meta que é não perder ate ao fim da epoca, por isso logo SOMOS PORTO CARAGO !!!

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/

AZUL DRAGÃO disse...

Paulo :

Hoje pode ser o jogo de todos os jogos !

Aguardemos...


Abraço

dragao vila pouca disse...

Aos profissionais do F.C.Porto:
meus caros amigos, profissionais do líder destacado do campeonato, Liga Zon Sagres, é óbvio que vamos jogar para ganhar, é essa a nossa imagem de marca, faz parte do nosso ADN, é aquilo que fazemos sempre, cá dentro ou lá fora. Seria muito bonito, a cereja no cimo do bolo, ganharmos e sermos campeões no estádio do maior rival, até para acabar com a arrogância vermelha, mas meus amigos, sem pressões exageradas, sem fazermos disso uma obsessão. Se não for na Luz vai ser noutro lado qualquer. Não temos nada a provar, nem nada que justificar. Fundamental é jogarmos o nosso futebol e, principalmente, nervos de aço. Não podemos nem devemos perder a cabeça, seja por más decisões do árbitro, seja por provocações do adversário. Se for assim e conseguirmos ser seguros na defesa, criativos e rigorosos no meio-campo, profundos e perigosos no ataque, ai eles vão ter muito trabalho para impedirem o nosso sucesso e a nossa glória.
Vamos Porto, só falta um bocadinho assim...


Aos adeptos do F.C.Porto que vão estar na Luz:
meus caros, eles estão mortinhos por baixar o pau e à mínima coisa vão bater. Não lhes dêem nenhum tipo de argumento, não lhes passem cartão, ignorem-nos e não reajam a provocações. Concentrem-se no apoio à equipa, aquilo que melhor sabem fazer e se formos campeões, façam uma grande festa, vocês merecem.

Um abraço