terça-feira, 19 de julho de 2011

Danilo no FC Porto por 13 milhões de euros

O FC Porto anunciou hoje, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a contratação de Danilo, futebolista internacional brasileiro sub-20, pagando 13 milhões de euros ao Santos, clube que detinha o seu passe.

"A Futebol Clube do Porto - Futebol, SAD vem comunicar (...) ter chegado a um acordo com o Santos Futebol Clube para a aquisição dos direitos de inscrição desportiva do atleta Danilo Luiz da Silva", refere o documento.
O jogador brasileiro encontra-se entre os convocados que vão disputar o Mundial da categoria, que se disputa na Colômbia, em Agosto.

Danilo Luiz da Silva
Nascimento: 15/07/1991, em Bicas (MG)
Peso: 73 kg
Altura: 1,84
Posição: Defesa/Médio Direito
Clubes: América-MG e Santos FC

Contratado ao Santos FC, o lateral direito Danilo, havia sido considerado a maior revelação do futebol mineiro em 2010.
Formado nas escolas do América-MG, Danilo fez sua estreia como profissional em 2009, quando actuou em duas partidas do hexagonal final do Campeonato Mineiro. Depois disso, disputou nove jogos no Campeonato Brasileiro (Série C), nos quais colaborou para o acesso da equipa para a Série B em 2010. Numa eleição realizada pela TV Globo de Minas, Danilo foi eleito a maior revelação do Campeonato Mineiro de 2010, suscitando o interesse de diversos clubes brasileiros, um deles o Santos que o contratou ainda em 2010.
O famoso jeitinho mineiro (união e humildade para conquistar o que pretende) define bem o polivalente Danilo.
Depois de um final de 2010 de adaptação ao clube paulista, o futebolista encontrou poucas possibilidades para se destacar na última edição do Brasileirão, tendo ganho progressivamente condições para somar cada vez mais partidas, tendo conhecido um forte impulso nesse sentido a partir de Janeiro, parecendo ter arrancado para um ano de sucesso depois de se ter apresentado num excelente nível de forma no Campeonato Sul-Americano de Sub-20, onde se sagrou campeão ao serviço da selecção do Brasil.
Com essa conquista, Danilo regressou ao Santos com uma confiança, tornando-se numa aposta quase indiscutível para o técnico do Santos, Muricy Ramalho, que confiou na sua capacidade de adaptação e capacidade de criação para levar a bom porto a actual temporada dos alvinegros. Com quatro golos na temporada, sendo três na Libertadores, o jogador chegou sem muito alarde e era considerado peça indispensável no esquema do Santos.
Agora Danilo dá o salto para a Europa, e para o FC Porto, o melhor clube português da actualidade, e um dos maiores clubes europeus, vencedor da Liga Europa em 2011.


Pubicado no jornal " O Jogo"
Seguro previne lesões até chegada em Janeiro
As duas partes ainda não davam a chegada só em Janeiro como um facto consumado, mas, ao que apurou O JOGO, que já tinha escrito ontem sobre essa hipótese, o mais provável é que assim seja, permitindo ao jogador disputar o Mundial de clubes, em Dezembro. Ora, por envolver verbas pouco comuns no futebol português e também a pouco habitual circunstância de os portistas terem ainda de esperar uns meses, os dragões trataram de incluir nesse acordo um seguro que salvaguarda a eventualidade de qualquer lesão do brasileiro no período em que continuará no Santos. Ceder nessa parte foi, como se explicou, outro argumento de peso para que os portistas pudessem vencer o duríssimo braço-de-ferro com o Benfica, acentuando nas últimas horas depois da notícia ontem avançada por O JOGO.
Danilo acertou  um contrato de cinco anos com o FC Porto e, segundo apurou O JOGO, passa a ter a segunda cláusula de rescisão mais elevada do plantel: 50 milhões de euros. É esse o valor da blindagem feita à mais cara contratação directa da história dos portistas, que investiram 13 milhões de euros na contratação.
O Santos diz que tem princípio de acordo para que o jogador fique no Brasil até Janeiro, mas o forte investimento dos portistas e o facto de o próprio Muricy Ramalho, treinador do Santos, ter dito a O JOGO que Danilo lhe dissera que gostava de viajar já para Portugal podem antecipar a chegada do brasileiro.  

Ney Franco, actual seleccionador brasileiro de sub-20 define Danilo:
"Danilo é muito forte, tem uma grande potência muscular, para além de ser alto. Começou a carreira como lateral, numa linha de quatro jogadores, mas actualmente, no Santos, tem jogado no meio-campo. No entanto, aqui na selecção será defesa. É alto, bom no jogo aéreo, marca bem e tem força para fazer todo o corredor. Para além dessa disponibilidade física, cruza bem, marca golos e ainda bate cantos. É um jogador muito completo e só lhe falta amadurecer para chegar ao topo. Danilo foi muito importante na nossa vitória no Sul-Americano e tem qualidade para substituir, no futuro, Dani Alves e Maicon na selecção principal. Pelo menos é essa a convicção dos responsáveis da CBF"

Adilson Barros (Jornalista do Globo) "Parecido com o Ramires"
"Embora seja lateral-direito de origem, actua muito bem no meio-campo, como volante de saída. Não é um grande marcador. Quando joga como lateral, costuma ir muito à frente e a equipa precisa de ter uma cobertura para suas subidas. Desperdiça a posse de bola por erros de passe, mas tem melhorado. O estilo de jogo parecido com o do Ramires: tem muita força física, sai de trás com velocidade e chega bem à frente, rematando à baliza. Evoluiu muito neste ano e tem a vantagem de ser versátil, foi um dos melhores jogadores do Santos"

Carlos Padeiro (Jornalista do UOL) "Apoia e finaliza muito bem"
É um lateral-direito de origem, mas no Santos passou a jogar como volante e tornou-se num dos principais jogadores na conquista da Libertadores. Apoia e finaliza muito bem; adaptou-se ao meio-campo. Às vezes fica um pouco desligado em campo e comete erros bobos, mas tem evoluído bastante neste ano. O seu faro ofensivo fica comprovado no número de golos na Libertadores. Marcou quatro, só ficou atrás de Neymar, com seis. Provável titular do Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres. Para a seleção principal, porém, tem dois concorrentes muito fortes, Maicon e Daniel Alves, e terá de esperar. 

Muitos portistas que até ouvir falar de Danilo nos últimos dias, pouco conheciam dele, ou o pouco que conheciam era acerca da sua excelente performance na fase final da Libertadores, ficam desconfiados acerca do valor desportivo de um atleta que em 3 anos passa para a ribalta do futebol brasileiro, e se o valor dispendido será ou não exagerado.
Penso que dar 13 milhões só será muito dinheiro se o jogador não singrar, ou seja se não houver retorno no investimento. Trata-se de um jogador jovem, de uma região peculiar do Brasil - Minas Gerais. Os Mineiros , tal como as gentes do norte são conhecidos pela sua humildade, trabalho, garra e dedicação para alcançar os objectivos. Se assim for, e se este menino tiver cabecinha terá tudo para se afirmar nos próximos anos do FC Porto e no futebol Europeu.
Quanto ao aspecto negocial, penso que Benfica e FC Porto caíram na teia montada pelos empresários, que inflacionam o valor dos passes, e  que só prejudica ambos os clubes. Estas alegadas guerras não passam de puras especulações de mercado, que servem interesses de empresários. 
Danilo é um jogador referenciado por vários clubes de renome, e como tal alvo do seu interesse. 

O FC Porto ao contratar Danilo não ganha nada ao Benfica. Apenas consegue ter mais poder negocial para trazer o atleta, e claro que a vontade do mesmo em representar o FC Porto também terá contado.
A nós portistas do nos dá gozo as capas do jornais Record e A Bola, e como tal fazemos chacota.
Os empresários conhecem a rivalidade desportiva dos maiores emblemas portugueses e servem-se dela. Onde cabe na cabeça de alguém que o FC Porto estaria, por exemplo, interessado em Witsel, quando conta nos seus quadros para a mesma posição com Moutinho, Ruben, Belluschi, Guarin, Castro?! O empresário do belga mete o FC Porto ao barulho e assim inflaciona o passe do atleta, e põe o Benfica a mexer da perna.
FC Porto e Benfica devem abrir os olhos e não entrar nestas jogadas de empresários, pois ambos os clubes só têm a perder.

2 comentários:

Calandula disse...

Seja Bem-vindo Danilo...

dragao vila pouca disse...

Meu caro, Danilo é um jovem com um grande futuro e potencial, assim, se não acontcer nada de anormal, uma lesão grave, vai ser mais um que o caro - embora ache que não estamos sozinhos na compra - vai sair barato.
Abraço