quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Jogo de Campeões

A esta hora o FC Porto já viaja para Nice, onde amanha no Mónaco irá disputar a Supertaça Europeia tendo como adversário o Barcelona.

Desde a vitória na Liga Europa e depois da confirmação do título de campeão Europeu para o Barcelona, que este jogo tem sido muito aguardado por toda a família Portista. Não se trata só da Supertaça Europeia, trata-se de um confronto com a equipa que nos últimos 3 anos tem demonstrado ser a melhor equipa do mundo.

Emoções à parte, o FC Porto tem trabalhado na medida do possível, sobretudo porque continua envolto num ambiente de indecisões que continua a pairar no ar, quando falta 6 dias para o fecho do mercado.

Depois das saídas confirmadas de Falcão e Ruben Micael aparentemente Alvaro Pereira estará mesmo de saída, faltando apenas que o valor oferecido pelo Chelsea alcance, tal como aconteceu com o treinador, o valor da cláusula de rescisão.

Casos que ainda poderão ter algum desenvolvimento são Fernando e Guarin. O primeiro continua subtilmente à parte do grupo, ainda que tenha aparecido nas últimas convocatórias. O segundo, pelas notícias que vieram a público não aceitou a renovação antes do jogo de amanhã, caso aparentemente oposto a Falcão que indicia ou que o jogador ainda quer sair ou o FC Porto ainda quer vender, sendo que o jogo com o Barcelona poderá ser resultar num conjunto de interesses de ambas as partes.

Quem parece estar a afastar-se de um cenário de transferência é Rolando e João Moutinho, jogadores que aparentam estar concentrados no FC Porto, pelas suas exibições e pela ausência de um discurso dúbio. Faz todo o sentido o FC Porto manter estes dois internacionais Portugueses que certamente marcarão presença no Euro2012 em caso de Portugal garantir a presença na fase final.

Perante este cenário Vítor Pereira entendeu não mexer muito na convocatória. Era espectável a presença de James na convocatória mas por algum motivo não foi chamado. É estranho que seja falta de ritmo ou entrosamento com a equipa, surge mais numa clara opção de manter a estrutura dos últimos jogos já mais rotinada.

A grande surpresa acaba por ser a inclusão de Cristian Rodriguez que não foi inscrito para os primeiros jogos da Liga mas que curiosamente foi chamado para os 18 eleitos para o jogo de amanhã. Esta chamada poderá significar uma de duas coisas, o FC Porto, que não conseguiu ainda vender o jogador, mostrar a possíveis compradores que o jogador conta e tem valor, ou então, ter ocorrido uma inversão no processo Cristian Rodriguez, e tal como Pinto da Costa disse ontem que não andavam à procura de um avançado, ser Cristian Rodriguez a opção de ataque a contar no plantel, o que pode até significar uma mudança do esquema de jogo a colocar em campo no futuro pelo FC Porto.

Destaque para a presença de Defour nos convocados, um jogador que se tem desdobrado em elogios ao FC Porto e que os portistas têm muita curiosidade em vê-lo jogar.

Lista de convocados: Helton e Bracali, Sapunaru, Otamendi, Fucile, Maicon e Rolando, Souza, Moutinho, Guarin, Belluschi, Fernando e Defour, Hulk, Djalma, Kléber, Varela e Cristian Rodriguez.

Face à convocatória efectuada e ao facto de constar apenas 18 nomes, Vítor Pereira não deverá já ter dúvidas do onze a iniciar o jogo. Face ao poderio do adversário, sobretudo no que diz respeito ao meio campo e ataque, Vítor Pereira deverá mudar o esquema de jogo. O mais provável é fazer alinhar o FC Porto em 4X4X2, reforçando o meio campo e permitindo ao ataque mais mobilidade de acção. Mas também poderá alinhar no mesmo esquema 4X3X3 mas já num modelo sem avançado centro fixo, ou seja, um esquema idêntico ao do adversário e que poderá aproveitar as debilidades defensivas do Barcelona, que irá alinhar com 2 centrais adaptados e um defesa esquerdo pouco rotinado.

Certo é que mesmo no esquema 4X4X2, Belluschi, o mais provável no vértice mais avançado do meio campo, poderá surgir mais vezes no ataque, desdobrando de forma dinâmica o 4X4X2 em 4X3X3.

Equipa provável: Helton, Sapunaru, Rolando, Otamendi e Fucile, Souza, Guarin, Moutinho e Belluschi, Hulk e Varela.

Hulk “Quem está no FC Porto está concentrado no jogo de amanhã. Estou pouco me lixando para o mercado. Só estou concentrado no jogo de amanhã.”







O FC Porto, depois da conquista da Supertaça Europeia em 1988, já esteve presente em 2 finais, 2003 e 2004, tendo perdido ambas para o Milão e Valência, ainda que no caso de ambos não se ter mostrado inferior. Amanhã, terá mais uma oportunidade de conquistar mais um título europeu e quebrar o enguiço das duas últimas finais.

Um verdadeiro teste à capacidade e à qualidade do FC Porto nesta altura da época com a certeza que podemos e temos capacidade de dar uma boa resposta a este Barcelona.




Força Porto. Nós acreditamos, sempre.
Ricardo Jorge

9 comentários:

Armando Pinto disse...

Eu tenho uma secreta esperança que… vamos ganhar. Não se ganhou ao super-Bayern em 1987 e ao Ajax em 1988, na neve de Tóquio… e no charco de Coimbra?! Não temos conseguido aguentar com todo o sistema lisboeta a tentar derrota-nos, o povo mouro aziado todo contra nós, por azia e despeito, invejoso, conseguindo o F. C. Porto ser superior? Já dizia Pedro Homem de Melo, no Aleluia ao F. C. Porto, que «Ninguém fale em perder! Ninguém recua… E a mocidade Invicta a cada abraço/ A si mais nos estreita. A Pátria é sua./ E, de hora a hora cresce o Baluarte!»

Abraço.

Gaspar Ribeiro Lança disse...

Relativamente ao sorteio da Liga dos Campeões, acabámos por ficar inserido num grupo sem tubarões. O Shakhtar e o Zenit são as equipas que prometem roubar-nos pontos, e certamente que as deslocações à Ucrânia e à Rússia não serão nada fáceis mas acredito na passagem aos oitavos-de-final no primeiro lugar.

Um abraço

dragao vila pouca disse...

Se vocês acreditam, quem sou eu para vos contrariar?

Abraço

Dragus Invictus disse...

Boa noite amigos,

Quem melhor que o Sr Armando Pinto para nos recordar o eloquente poema de Pedro Homem de Melo, que diz «Ninguém fale em perder! Ninguém recua… E a mocidade Invicta a cada abraço/ A si mais nos estreita. A Pátria é sua./ E, de hora a hora cresce o Baluarte!»

E pegando nas palavras do Ricardo Jorge: Força Porto. Nós acreditamos, sempre.

Vamos acreditar, é difícil mas não impossível. Cabe aos nossos valorosos atletas, transcenderem-se, serem sérios e bravos e vencer.
O Barcelona dispensa apresentações ... mas nós também.
FC Porto e Barcelona são os maiores emblemas ibéricos, que após anos de ditadura, impuseram um domínio desportivo de forma natural, por serem mais competentes e guerreiros.

Vai ser um grande jogo para desfrutar, e esperamos nós portistas, a conquista da segunda Supertaça Europeia da nossa história.

Abraço e todos unidos venceremos.

Paulo

pronunciadodragao.blogspot.com

Miguel Lima disse...

caríssimo(s),

hoje, independentemente do resultado final, seremos Porto! sempre!


«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs! ;)

Miguel | Tomo II

David J. Pereira disse...

Boas!

Devo dizer que gosto imenso deste blogue!

Podem adicionar os meus aos vossos links? Eu prometo que retribuo :p

http://davidjosepereira.blogspot.com/

Saudosos cumprimentos!

Dragus Invictus disse...

Olá bom dia David,

Antes demais obrigado pela visita e elogio. Concerteza adiciona-mos.

Abraço

Paulo

P. Ungaro disse...

Boas,

Para ja sonhar ainda não paga imposto ... e espero que o sonho se torne realidade e que consigamos a 2ª supertaça Europeia contra a minha 2ª equipa.

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/

Miguel Lima disse...

caríssimo(s),

tenho um imenso orgulho em ser Portista, car@go!
ante o todo-poderoso Barça, fomos Porto!


«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs! ;)

Miguel | Tomo II